Criciúma: alimentos não devem ser vendidos em sinaleiras

Na tarde desta quinta-feira, 17, uma mulher foi abordada pela equipe de Assistência Social e Habitação, em Criciúma

Foto: Sandy Brasil/ TN
- PUBLICIDADE -

É comum encontrar vendedores ambulantes em semáforos de Criciúma. Os produtos oferecidos geralmente são comidas, e de acordo com a equipe da Secretaria Municipal da Assistência Social e Habitação de Criciúma, a recomendação para os vendedores de alimentos é que as vendas sejam feitas em comércios locais, já que a o semáforo é um local perigoso e os vendedores estão manuseando comida.

Na tarde desta quinta-feira, 17, uma mulher foi abordada pela equipe de Assistência Social e Habitação, em uma sinaleira próxima ao supermercado Giassi. A vendedora foi orientada sobre o comércio de comida nas ruas, e que caso houvesse necessidade, que fosse procurado os Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.