Assistência Social de Maracajá realiza Varal Solidário

O varal solidário aconteceu no Complexo Esportivo Antônio da Rocha, das 9h às 16h, e antes mesmo do início já havia uma grande fila do lado de fora do ginásio

Foto: Divulgação/ Carla Costa
- PUBLICIDADE -

O Governo do Município de Maracajá, juntamente com o Departamento de Assistência de Bem-Estar Social e Coordenadoria Municipal da Defesa Civil, promoveram na última sexta-feira, dia 02/07, o primeiro Varal Solidário da Campanha do Agasalho e Cobertor 2021.

O varal solidário aconteceu no Complexo Esportivo Antônio da Rocha, das 9h às 16h, e antes mesmo do início já havia uma grande fila do lado de fora do ginásio. Seguindo todos os cuidados de prevenção ao Coronavírus, foi realizado o distanciamento, aferição de temperatura e higienização das mãos com álcool. E pra espantar o frio da manhã gelada, foi distribuído chocolate quente.

- PUBLICIDADE -

Mais de 1000 peças

Idealizado pela primeira-dama de Maracajá, Claudete Rocha Brambila, o Varal Solidário foi voltado para as pessoas em situação de vulnerabilidade social e que estavam cadastradas no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS). “Com a criação do Varal Solidário, foi possível de maneira organizada, distribuir as peças em araras e por gênero, o que facilitou a busca das famílias. Além disso, para beneficiar um número maior de famílias, foi estipulado um número de peças de roupas por pessoa. Assim conseguimos nesta ação beneficiar mais de 60 famílias”, detalhou a primeira-dama.

As peças foram arrecadadas no mês de junho, durante a Campanha do Agasalho e Cobertor Solidário. “Em parceria com o comércio local, colocamos diversos pontos de arrecadação, porém tivemos que correr contra o tempo para arrecadar e selecionar para realizarmos o Varal Solidário, já que o frio veio com força e precisávamos ajudar as famílias”, disse a primeira-dama. A ação foi uma parceria com o Projeto Rede Laços, do Governo de Santa Catarina.

O prefeito Anibal Brambila, esteve no local acompanhado da primeira-dama, conversou com as pessoas e elogiou a ação da Assistência Social. “Que bom que temos pessoas comprometidas com o próximo, tanto os colaboradores da Assistência Social, quanto aqueles que doaram as roupas. É uma ação valorosa e que tem grande significado para quem recebe as doações”, disse.

Colaboraram na ação: A primeira-dama, Claudete Rocha Brambila,  a coordenadora dos Clubes de Mães e da Terceira Idade, Jucelia Noêmia Estevam Simões, a assistente social, Inaiá de Oliveira da Rosa, auxiliar administrativa, Lizete Sousa Pereira,  Fabrício Rocha, facilitador do SCFV, o coordenador municipal da defesa civil, Ivo Pedro, e os funcionários da Administração, Edimilso Pereira e Clésio Zadroski Rocha.

Doações

A diretora de Assistência e Bem-Estar Social, Suélen Zandonadi, lembra que as pessoas que quiserem doar roupas, sapatos e cobertores, podem levar suas doações diretamente no CRAS, das 8h às 12h – das 13h às 17h. “Nós precisamos que as pessoas sigam ajudando, pois temos muitas famílias cadastradas e que necessitam destas doações. O frio não espera, o frio dói, por isso ajude os mais necessitados”, concluiu.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.