Os adversários do Tigre na Série B

Com o encerramento da competição deste ano – e encaminhamento da Série A – Criciúma já tem praticamente definidos os rivais de 2022


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A Série B do Brasileirão encerrou as disputas de 2021 no último domingo. Desta forma, o Criciúma já conhece a maioria dos adversários que terá na competição do ano que vem. Chegam da Terceira Divisão, junto com o Tricolor Carvoeiro, Tombense, Ituano e Novorizontino. Quem já está rebaixada da Série A é a Chapecoense. O Grêmio tem mais de 95% de chances de ser outro adversário do Tigre na Segundona do ano que vem. O Sport também tem o rebaixamento encaminhado. O último time a jogar a Segunda Divisão do ano que vem deve ficar entre Bahia, Atlético-GO ou Juventude.

Permanecem na Segunda Divisão nacional o Vasco, Cruzeiro, Brusque, Londrina, Operário (PR), Ponte Preta, Guarani, Vila Nova (GO), Náutico, CRB, CSA e Sampaio Corrêa. Subiram para a Série A Botafogo, Goiás, Coritiba e Avaí. Por outro lado, Remo (PA), Vitória, Confiança (SE) e Brasil de Pelotas rumaram para a Terceira Divisão do Brasileirão.

Com estes adversários colocados, o Criciúma visitará, ao menos, oito estados brasileiros, além de visitar Chapecó e Brusque. A viagem mais longa será para São Luís, no Maranhão. Maceió será o destino do time duas vezes: para pegar CRB e CSA. Pernambuco receberá o Tigre para o jogo contra o Náutico. Essas são as viagens consideradas mais longas.

Participantes da Série B 2022

Santa Catarina – Criciúma, Chapecoense e Brusque

Paraná – Londrina e Operário;
São Paulo – Ponte Preta, Guarani, Ituano e Novorizontino;

Minas Gerais – Cruzeiro e Tombense;
Rio de Janeiro – Vasco;
Goiás – Vila Nova;
Pernambuco – Náutico;
Alagoas – CRB e CSA

Maranhão – Sampaio Corrêa;

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.