A evolução do vôlei de Criciúma

Times Sub-20 e Sub-18 vencem as etapas do Estadual e buscam o título catarinense nas duas categorias. Campeonato adulto será em Chapecó


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O projeto de vôlei feminino de Criciúma, liderado pelo Mampituba, juntamente com a Unesc e Fundação Municipal de Esportes (FME) Criciúma, demonstra resultados positivos. Com aproximadamente cinco meses de trabalho, os times Sub-20 e Sub-18 levam vantagem nos Estaduais de cada categoria e miram o Estadual Adulto que acontece em outubro.

O time até 20 anos venceu a primeira etapa do Catarinense, em Criciúma, e joga a segunda etapa, no dia 11 de setembro, em Jaraguá do Sul. A final será novamente na Capital do Carvão. Enquanto isso, as meninas mais jovens – até 18 anos – venceram as duas etapas disputadas até agora e disputarão a decisão em São José, no dia 18 de setembro. “A expectativa do Sub-20 é a melhor possível, a gente jogou com todas as equipes do campeonato e não perdemos. Temos a expectativa de ir até lá e fazermos um bom trabalho, como fizemos aqui. Queremos conquistar a etapa novamente para trazermos a final para cá. Já o Sub-18 vai enfrentar quatro equipes que ainda não pegamos. Então, a gente tem que olhar e estudar, mas nossa equipe é muito forte e vai brigar para ser campeã”, explica o técnico e um dos idealizadores do projeto, Luciano Iribarrem Carvalho.

 O Campeonato Estadual Adulto será disputado entre os dias primeiro e três de outubro, em Chapecó. As adversárias de Criciúma serão as donas da casa, além dos times de Caçador e Florianópolis. “O Adulto é mais para dar ‘cancha’ para a nossa equipe Sub-20. A gente jogará o Estadual Adulto com o time Sub-20, mas já encaramos Chapecó e Caçador e temos time para jogar de igual para igual. Ganhamos de Floripa já, inclusive”, detalha Luciano.

Evolução empolga o treinador

As vitórias – somadas aos desempenhos dos times – animam o treinador. “Os resultados dizem por si só. Temos uma equipe formada em cinco meses e, hoje, estamos praticamente invictos nas etapas do Estadual”, diz.

O foco principal, porém, está nos Campeonatos Brasileiros Interclubes. “Lá o ‘negócio aperta’ um pouco mais, mas, consequentemente, teremos mais tempo de trabalho e eu acho que a equipe estará em um nível ainda mais alto em novembro e dezembro”, explica Luciano.

Representando a Unesc, o time criciumense ficou com a medalha de bronze nos Jogos Universitários. Além disso, o time venceu a primeira etapa da Liga de Voleibol Sub-20 realizada em Morro Da Fumaça. Os resultados aumentam a confiança do técnico. “No voleibol feminino, a confiança conta muito. O psicológico mexe bastante, então, tendo a confiança dos resultados, e não apenas do trabalho, isso ajuda bastante para seguirmos um bom trabalho e buscarmos campeonatos maiores”, finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.