Vai sair de linha! Veja 5 carros que deixarão o mercado em 2022

Até o fim do ano, esses automóveis darão adeus ao Brasil: listão tem modelos bastante queridos pelos consumidores

0
49
Foto: Reprodução/Auto Papo

Ninguém que vai comprar um carro quer ser surpreendido ao vê-lo, logo depois, sair de linha. Por isso, o AutoPapo listou 5 automóveis que deixarão o mercado brasileiro até o fim deste ano. Alguns deles, inclusive, já tiveram a produção encerrada, mas seguem à venda, uma vez que ainda existem unidades em estoque.

Vai sair de linha em 2022!

Confira o listão e descubra quais são os “condenados” de 2022. Se você estiver de olho em algum deles, pechinche bastante e peça um bom desconto. Ou então parta logo para outro modelo. Confira o listão!

1. Volkswagen Gol

VW_Gol_G7_vermelho
Gol vai sair de linha com série especial de despedida

Tudo indicava que o Gol sobreviveria por mais algum tempo, mas ele vai sair de linha ainda em 2022. Em homenagem ao hatch, que detém o título de carro mais vendido do Brasil – já são mais de 7 milhões de unidades emplacadas desde o lançamento, em 1980 -, a Volkswagen lançará uma série especial de despedida, de acordo com informações do site Autos Segredos.

A Volkswagen prepara um novo produto para ocupar a lacuna do Gol: trata-se de um SUV compacto menor e mais barato que Nivus e T-Cross. Esse modelo deve chegar ao mercado em 2024 e não herdará o nome do antecessor. Para segurar as pontas até lá, o fabricante lançará uma versão mais despojada do Polo, batizada de Track.

2. Volkswagen Voyage

volkswagen voyage 2019 com transmissao automatica 13
Ao contrário do “irmão” Gol, o Voyage deixará o mercado discretamente

O Gol não vai embora sozinho: levará junto o sedan da gama. O Voyage também vai sair de linha até o fim de 2022 e, ao contrário do hatch, deixará o mercado de maneira mais discreta, sem série especial de despedida. Ele tampouco terá sucessor direto.

A história do modelo começou em 1981, quando surgiu a primeira geração, que durou até 1995. Após um hiato de mais de uma década, a terceira safra chegou em 2008 e permanece no mercado até hoje (ao menos por enquanto).

3. Caoa Chery Arrizo 5

caoa chery arrizo5 2021 21
Vendas do Arrizo 5 ficaram abaixo das previsões do fabricante

O desempenho comercial do Arrizo 5 ficou abaixo do que a Caoa Chery previa. Quando lançou o sedan, em novembro de 2018, a fabricante pretendia comercializar de 300 a 400 unidades por mês, mas esses números ficaram só nas expectativas. No ano passado, o modelo chegou até a ganhar uma nova versão intermediária, a RXS, mas a esperada atualização Pro nunca veio.

Na verdade, o Arrizo 5 já é uma espécie de morto-vivo no mercado, pois a Caoa Chery já encerrou a produção há vários meses. O sedan segue à venda simplesmente porque ainda existem exemplares em estoque: portanto, ele pode “sair de linha oficialmente” a qualquer momento. Além do desempenho comercial tímido, o modelo também sofreu com o “fogo amigo” do “irmão” Arrizo 6, que é mais sofisticado, mas tem preços próximos.

4. Hyundai ix35

hyundai ix35: Listamos os SUVs sem controle de estabilidade que ainda são vendidos - o equipamento de segurança se tornará obrigatório em breve!
Hyundai já encerrou a produção do ix35, mas ainda existem unidades em estoque

Outro morto-vivo no mercado de automóveis é o ix35. O SUV já não é mais produzido em Anápolis (GO) desde o fim do ano passado, mas segue no site comercial da Hyundai Caoa, às custas das unidades em estoque. As vendas no modelo vinham caindo sucessivamente nos últimos anos e, por isso, não valeria a pena enquadrá-lo na nova Fase L7 de exigências ambientais do Proconve. As informações são da AutoEsporte.

A estreia do ix35 no Brasil ocorreu em 2010: ele chegou como importado, mas ganhou cidadania nacional três anos depois. A Hyundai Caoa também interrompeu a produção do New Tucson, porém, nesse caso, trata-se apenas de uma pausa: a empresa deve começar a montar no país a nova geração do modelo, possivelmente com propulsão híbrida, a partir de meados deste ano.

5. Honda Civic

honda civic touring 2020 32
Honda Civic é outro que já saiu de linha, porém segue à venda devido a estoques

É verdade que a Honda vai lançar uma nova geração no segundo semestre deste ano, mas ela será importada e, provavelmente, vendida em versão única, com propulsão híbrida. Consequentemente, terá preços bem mais elevados.

O Civic foi o primeiro carro que a Honda produziu no Brasil: a nacionalização ocorreu em 1997, junto com a inauguração da fábrica de Sumaré (SP). Nada menos do que 24 anos e cinco gerações depois, o mercado vê o sedan sair de linha, mas ao menos vai presenciar a chegada do sucessor, via importação, em 2022.

*Via Auto Papo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here