Trigo: estimativas sugerem novo recorde de safra no País; dólar pressiona valor interno

Na última semana (7 – 11), os preços recuaram no mercado de lotes

0
244
Foto: Divulgação

Estimativas oficiais divulgadas neste mês mostram que os altos preços do trigo no mercado brasileiro tendem a manter elevadas a área e a produção nacional do cereal, que, inclusive, pode ser novamente recorde.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Conforme colaboradores do Cepea, produtores, especialmente os do Sul do País, devem semear trigo em áreas que tradicionalmente ficam sem cultivo na safra de inverno.

No relatório deste mês, a Conab indicou que a safra 2021/22 somou 7,68 milhões de toneladas, estável frente ao relatório de janeiro, mas com forte alta de 23,2% em relação à temporada anterior.

A área nacional cresceu 17% sobre a da safra 2020, atingindo 2,73 milhões de hectares. Além disso, a produtividade seguiu apontada em 2,803 toneladas por hectare, 5,3% superior à de 2020/21 (2,663 t/ha).

No mercado doméstico, as negociações têm ocorrido em linha com o interesse e a necessidade do produtor de liberar espaço para armazenagem da safra verão, que está sendo colhida atualmente.

Na última semana (7 – 11), os preços recuaram no mercado de lotes, influenciados pela desvalorização de 1,88% do dólar frente ao Real, para R$ 5,226 na sexta-feira, 11.

*Via Cepea

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here