18 junho, 2021

Prefeito de Nova York diz que vacinação de turistas está pronta para começar

'Há tanta dor, tanta dificuldade', afirmou Bill de Blasio sobre a situação do Brasil. Prefeito falou sobre planos do turismo em entrevista coletiva

Mais Lidas

Brasileiro que vive na Europa conta como está a retomada do turismo

As restrições adotadas para conter a pandemia de covid-19 no mundo dificultam que brasileiros façam viagens ao exterior. Contudo, quem vive...

Veja como brasileiros podem se imunizar contra a Covid-19 nos Estados Unidos

Como já era esperado, o turismo de vacinação está se tornando uma tendência. Enquanto a campanha contra a Covid-19...

‘Turismo da vacina’ faz agências criarem pacotes por R$ 15 mil para brasileiros se imunizarem contra a Covid-19 nos EUA

Agências de turismo em Santos, no litoral de São Paulo, estão lançando pacotes de viagem para dois países com...

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, disse nesta terça (11) em entrevista a jornalistas que o plano de vacinar turistas em pontos conhecidos da cidade “está pronto para começar” e já tem a aprovação do governo estadual para seguir adiante. Ele comentou que o turismo é parte vital da economia da cidade e que a campanha ajudará na retomada.

Os postos de vacinação para turistas estarão localizados em lugares como a Time Square, o Central Park e a Ponte do Brooklyn, entre outros. “Nós estamos instalando postos móveis de vacinação para turistas em partes da cidade de Nova York que concentram mais tráfego, onde os turistas adoram ir. E, veja, acho que isso é parte de um ‘Bem-vindo de volta à cidade de Nova York’. Nós querem que todos estejam seguros”, afirmou o prefeito.

Ao responder a pergunta da TV Globo, De Blasio disse: “Meu coração está com os brasileiros. Há tanta dor, tanta dificuldade. Acho que o que pudermos fazer por quem está nos visitando para dar boas-vindas e mostrar que nós nos importamos com todos que estão aqui”.

De Blasio também disse que não teme reação contrária da população local pelo uso de recursos públicos para financiar a vacinação de turistas.