Paulo Gustavo: humorista lutou pela vida desde a internação, em março

Apesar dos esforços da equipe médica e orações dos fãs, o artista morreu nesta terça-feira (4/5), aos 42 anos

0
408
Foto: Divulgação/ Metrópoles

Mesmo diante das orações de todo o país e o empenho dos médicos do Hospital Copa Star, no Rio de Janeiro, Paulo Gustavo não resistiu às complicações da Covid-19 e morreu nesta terça-feira (4/5), aos 42 anos, após lutar mais de 50 dias contra a doença. Ele deixa o marido e dois filhos.

“Às 21:12h desta terça-feira, 04/05, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da Covid-19 e suas complicações. Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento”, anunciaram.

A família ainda não divulgou informações sobre o sepultamento.

Evolução do quadro

À época da internação, a assessoria do artista informou que a hospitalização de Paulo Gustavo se deu por conta de uma recomendação médica, mas que ele estava bem. Contudo, nove dias depois, o ator precisou ser intubado “para ser tratado de forma mais segura”, de acordo com a nota divulgada.

Nos dias seguintes, após oscilar entre sutis melhoras e pioras, o humorista precisou ser submetido à terapia por Oxigenação por Membrana Extracorpórea (Ecmo). O procedimento visa substituir a atuação do coração e dos pulmões artificialmente.

No dia 3 de abril, Paulo Gustavo passou por uma pleuroscopia. Foi por meio desse procedimento que a equipe médica identificou uma fístula bronco-pleural que impedia a adequada ventilação mecânica do comediante. A intervenção é indicada para a análise mais detalhada da situação dos pulmões dos pacientes. Consiste em inserir uma câmera no tórax, entre os dois arcos costais, até a cavidade pleural.

Pouco menos de uma semana depois, Paulo Gustavo teve complicações hemorrágicas e precisou de transfusões de sangue. Vários colegas do meio artístico compareceram à unidade hospitalar com intuito de ajudar o amigo, entre eles, Claudia Raia e Monique Alfradique.

No dia 25, o humorista apresentou pneumonia bacteriana. Por outro lado, a função pulmonar dele melhorou. Segundo boletim médico, o paciente chegou a “mostrar sinais discretos de interação com o meio, apesar do uso de sedativos”.

O quadro de Paulo Gustavo voltou a piorar nesse domingo (2), quando o ator sofreu embolia, insuficiência cardíaca e lesões cerebrais.

Luto

Familiares, amigos e fãs do artista estão de luto. Diversas mensagens em apoio a Thales Bretas, marido de Paulo Gustavo, e aos dois filhos do casal, Gael e Romeu, foram publicadas nas redes sociais.

A morte do comediante ainda foi noticiada pelos principais veículos de comunicação do país.

Trajetória

Paulo Gustavo formou-se pela escola de interpretação Casa das Artes de Laranjeiras, que já revelou grandes nomes do teatro, do cinema e da televisão brasileira. No ano de 2006, o artista lançou o espetáculo Minha Mãe É Uma Peça – que se tornaria, nos anos seguintes, o grande sucesso de sua carreira.

Em 2013, o texto de Minha Mãe É Uma Peça foi adaptado para o cinema. Além de se tornar uma das maiores bilheterias do país, o filme deu incrível popularidade à Dona Hermínia, personagem interpretada pelo comediante e inspirada em sua mãe.

O longa ganhou duas novas versões: em 2016 e em 2019. Minha Mãe É Uma Peça 3 chegou a bater recorde de bilheteria do cinema nacional, arrecadando R$ 144 milhões, em janeiro de 2020 – a quantia chegou a R$ 200 milhões no período em que os drive-ins exibiram o longa durante a primeira fase da pandemia.

Além do cinema e do teatro, Paulo Gustavo também se tornou um sucesso na televisão. No Multishow, o ator emplacou o programa 220 Volts (2011-2016). Em 2013, ao lado de Marcus Majella e Samantha Schmütz, lançou Vai Que Cola, uma sitcom brasileira que acompanhava uma família do subúrbio do Rio de Janeiro.

Também no Multishow, o humorista criou o programa A Vila. O último trabalho de Paulo Gustavo na televisão foi o especial de Natal 220 Volts, exibido pela Rede Globo.

Via Metrópoles 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here