BMW surpreende ao exibir carro elétrico que muda de cor; saiba como a tecnologia pode revolucionar indústria automobilística

Por meio de milhões de partículas minúsculas, o motorista pode alterar a coloração do veículo, o que pode ajudar a reduzir o gasto de energia e ser útil na hora de encontrar o carro no estacionamento

0
311
Foto: Shutterstock
Durante o evento Consumer Electronics Show deste ano (CES 2022), a BMW lançou uma novidade surpreendente: um carro que muda de cor, o SUV elétrico iX Flow.

A troca de cor, que pode ser acionada pelo motorista, é possível graças a uma tecnologia de milhões de microcápsulas da espessura de um fio de cabelo presentes na superfície do veículo.

Cada um dos minúsculos dispositivos conta com pigmentos brancos com carga negativa e pretos com carga positiva. Assim, é possível escolher a cor que ficará em destaque. Por enquanto, a customização está disponível apenas nessas duas tonalidades.

“Isso dá ao motorista a liberdade de expressar diferentes facetas de sua personalidade ou até mesmo o prazer da mudança externamente, e de redefinir isso toda vez que entrar no carro”, afirma Stella Clarke, chefe do projeto do BMW iX Flow.

Assista ao lançamento e veja como o carro “camaleão” da BMW muda de cor:

Não é só um capricho

Quem pensa que se trata apenas de um apelo estético está enganado. De acordo com a montadora, existem justificativas práticas para a inovação. Será possível, por exemplo, configurar o carro para “piscar” como um sinal luminoso caso o perca no estacionamento.

Mas o grande benefício da tecnologia vem com a economia de energia.

Isso porque a mudança de cor para branco — que reflete a luz solar — pode ajudar a manter a temperatura do veículo mais baixa em dias quentes e poupar o gasto com ar condicionado.

Vale lembrar que, por se tratar de um carro elétrico, qualquer ganho de eficiência energética representa economia de combustível.

O carro ainda não está disponível ao público e a BMW não deu detalhes sobre a durabilidade do efeito, total de energia gasta pelo carro a cada alteração nem temperatura ideal para que o funcionamento seja efetivo. No entanto, testes estão sendo feitos nesse sentido.

*Via Seu Dinheiro

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here