Açúcar vira e fecha no campo positivo nesta 3ª feira após testar mínimas de 2 semanas

O suporte veio das informações de a temporada global 2021/22 deve ser marcado por um superávit

0
53

Após operarem em queda durante a maior parte do dia, os contratos futuros do açúcar passaram a subir na finalização dos trabalhos desta terça-feira (29), nas bolsas. O suporte veio das informações de a temporada global 2021/22 deve ser marcado por um superávit.

Além disso, os indicadores do financeiro também deram suporte aos preços.

 > Clique e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

O vencimento mais negociado do açúcar bruto na Bolsa de Nova York subiu 0,77% no dia, cotado a 19,53 cents/lb, com máxima de 19,78 cents/lb e mínima de 19,06 cents/lb. Já no terminal de Londres, o primeiro contrato teve alta de 0,96%, a US$ 533,70 a tonelada.

As informações sobre as principais origens produtoras do adoçante seguem impactando os preços. A consultoria StoneX passou a ver que o comercial 2021/22 (outubro/setembro) deve ser marcado por um déficit de 1,2 milhão de toneladas, ante previsão de superávit leve.

“A correção realizada veio diretamente do impacto da região centro-sul na produção de açúcar, uma vez que os demais players já haviam finalizado suas safras ou acabaram fechando dentro das estimativas da StoneX”, disse.

Por outro lado, a temporada 2023/24 de cana-de-açúcar no Centro-Sul do país foi atualizada para cima. A StoneX projeta moagem de cana-de-açúcar no Centro-Sul no próximo ciclo em587,6 milhões de toneladas. Isso é mais de 4 milhões de toneladas acima da estimativa anterior.

“Até o momento, os modelos climáticos apontam para um volume de precipitações próximo ou acima da normalidade, para as principais regiões canavieiras do centro-sul brasileiro”, disse a StoneX em seu relatório de atualização de safra para o Brasil.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here