14.3 C
Criciúma
quarta-feira, julho 17, 2024

Servidora de Criciúma é indiciada por desvio de mais de R$ 60 mil

Mulher trabalhava na unidade do bairro Comerciário e inquérito segue agora para o MPSC

Uma servidora estadual foi investigada e indiciada pelo desvio de R$ 60.335,75 (sessenta mil trezentos e trinta e cinco reais e setenta e cinco centavos) da instituição que trabalhava até se aposentar.

Segundo as investigações formalizadas pela 2ª Delegacia de Polícia de Criciúma, os desvios ocorreram entre 2018 e 2020 quando ela trabalhava numa unidade situada no bairro Comerciário de Criciúma, Santa Catarina, aproveitando da facilidade que o cargo lhe proporcionava.

Quando os fatos começaram a ser apurados, a suspeita agilizou seu processo de aposentadoria temendo perder o cargo por demissão, muito embora, caso seja condenada, ainda seja possível, em tese, ter a aposentadoria cassada.

Os fatos também foram apurados pela corregedoria do órgão e ela foi apontada como suspeita da prática de diversas infrações administrativas, uma delas, improbidade administrativa.

O crime de peculato-apropriação, tem a pena de 2 a 12 anos de reclusão, e multa.

As informações foram apuradas pelo Delegado Marcio Campos Neves e o inquérito segue agora para o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

Últimas