14.3 C
Criciúma
quarta-feira, julho 17, 2024

Estudo realizado pela PM registra queda acentuada em crimes patrimoniais

Segundo o 29º Batalhão da Polícia Militar, sete municípios abrangidos por esta unidade, reduziram o número de crimes patrimoniais

Um estudo realizado recentemente pelo 29º Batalhão da Polícia Militar concluiu que no primeiro semestre de 2024, os sete municípios abrangidos por esta unidade, reduziram significativamente o número de crimes patrimoniais, sobretudo, furtos e roubos.

De modo geral, as cidades de Içara, Balneário Rincão, Morro da Fumaça, Cocal do Sul, Urussanga, Orleans e Lauro Muller juntas representam uma redução de 37% do número de furtos e uma redução de 44% do número de roubos, comparando-se o primeiro semestre deste ano com o mesmo período do ano de 2023.

Quanto ao número de furtos, a redução mais expressiva ocorreu no município de Urussanga (61%). Já quanto ao número de roubos, destacou-se o município de Balneário Rincão o qual reduziu mais de 84%.

O estudo concluiu ainda que estes valores relacionados aos crimes patrimoniais representam números inferiores ao período pandêmico, quando ocorreu naturalmente uma redução devido ao baixo fluxo de atividades comerciais e de pessoas em todo Brasil e no mundo.

Segundo o Tenente Coronel PM Eduardo Moreno Persson, comandante do 29º BPM:

“Estes excelentes resultados decorrem de diversos fatores, visto que o crime é algo complexo e multifatorial. No entanto, é possível destacar a confiança da sociedade no trabalho desempenhado pela Polícia Militar catarinense. Além disso, a aproximação com o poder público, Ministério Público e Poder Judiciário em ações voltadas à preservação da ordem pública contribuíram positivamente para os resultados de curto e longo prazos.
O comandante complementou que este contato próximo possibilita a troca de informações acerca de indivíduos contumazes na prática de crimes e que as medidas adotadas são eficazes para que estes permaneçam fora do convívio social. Além disso, as parcerias com instituições público/privadas na participação de projetos que visam melhorar as condições de trabalho dos policiais, auxiliam sobremaneira na motivação do efetivo, diante da árdua rotina de prevenir e combater o crime”.

O 29º Batalhão segue atento aos índices criminais como um todo, estabelecendo estratégias específicas para cada município e região, além da manutenção e o fortalecimento dos programas preventivos como Rede de Vizinhos, Rede de Segurança Escolar, Rede Catarina de Proteção à Mulher, Ronda Penal e ações conjuntas com os Conselhos Comunitários de Segurança que são exemplos de ações preventivas que resultaram nestes indicadores criminais aceitáveis.

Últimas