17.3 C
Criciúma
segunda-feira, junho 17, 2024

Rede incentiva consumo de produtos do RS

Iniciativa busca auxiliar na recuperação econômica pós-enchentes no Rio Grande do Sul

Criciúma
Edson Padoin
economia@tnsul.com

Após o Rio Grande do Sul enfrentar uma série de desafios decorrentes das enchentes que assolam o estado, a rede de supermercados Giassi e Combo Atacadista lançaram uma iniciativa importante para impulsionar a economia gaúcha. Placas estrategicamente posicionadas nas prateleiras dos estabelecimentos destacam produtos fabricados no Rio Grande do Sul, convidando os consumidores a apoiar as marcas locais e contribuir para a reconstrução do estado.

Com a frase “Produto fabricado no Rio Grande do Sul. Ao adquirir estes itens você ajuda a indústria gaúcha a reconstruir o Estado. Juntos pelos irmãos do RS”, as placas servem como lembretes tangíveis do impacto positivo que cada compra pode ter na comunidade gaúcha. Essa ação não apenas incentiva o consumo consciente, mas também a solidariedade e apoio mútuo entre os estados vizinhos.

IMPACTO

De acordo com estimativas do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-RS), cerca de 600 mil micro e pequenas empresas foram afetadas pelas enchentes. Muitas delas enfrentam dificuldades significativas, desde a queda nas vendas até problemas logísticos.

Em nota oficial, a rede destacou o objetivo da ação e a importância. “Seguindo uma movimentação sugerida pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), as lojas do Giassi Supermercados e Combo Atacadista passaram a sinalizar produtos fabricados por indústrias do Rio Grande do Sul. A ideia é incentivar o consumo destes itens e colaborar com a economia do Estado, já que o fortalecimento das indústrias gaúchas neste momento refletirá na ampliação e manutenção de empregos, e na geração de impostos para o Estado”, disse o comunicado.

Consumidores apoiam a ação

Incentivado pela ação, o veterano da Polícia Militar de Santa Catarina, Everaldo Bento de Souza, salientou a importância de um auxílio contínuo nos momentos de calamidade.

“Toda a ajuda sempre é bem-vinda, principalmente nesses momentos difíceis. Em um primeiro momento há uma ajuda contínua e depois as pessoas começam a diminuir, é natural. Então esse trabalho de continuar com essas ações por um tempo maior, até em virtude da situação que ocorreu no Rio Grande do Sul, que atingiu boa parte do Estado, é excelente”, completou.

Souza ainda apontou a importância da sinalização dos produtos nas prateleiras. “Essas placas informando os consumidores incentivam a população a comprar. Isso auxilia muito o Estado gaúcho, porque as pessoas vão saber que esses produtos são de origem do Rio Grande do Sul”, enfatizou.

Já Manuela Abib, gaúcha e moradora de Criciúma, ficou surpresa com a medida. “Sabemos que várias empresas estão sendo afetadas e isso contribuirá na reconstrução do Estado”.

Leia mais matérias completas na edição desta terça-feira, dia 21, do jornal impresso Tribuna de Notícias. Ligue para 48 3478-2900 e garanta sua assinatura.

Últimas