14.7 C
Criciúma
terça-feira, maio 28, 2024

Criciúma busca sustentabilidade energética com Projeto Luminotécnico

Projeto faz parte do Programa Criciúma Sustentável, da Administração Municipal

Visando ações voltadas para o meio ambiente de Criciúma, quase R$ 40 milhões foram destinados pelo Programa Criciúma Sustentável. Um dos projetos do programa é o Projeto Luminotécnico, que busca instalar lâmpadas de LED em todos os pontos de iluminação pública da cidade, que totalizam 35 mil pontos. Até o momento, mais de 200 pontos já tiveram a instalação, beneficiando 27 ruas.

O investimento viabilizado pelo Governo de Criciúma para a implantação do Projeto Luminotécnico é de R$ 19,7 milhões. “Proporcionaremos uma economia de 40% no custo de energia na cidade. Essa redução contribui para um município mais sustentável, que não proporciona apenas economia, mas também fortalece o compromisso do governo municipal com a eficiência energética”, enfatiza o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

Inicialmente, a iniciativa vai abranger os bairros Centro, Comerciário, Cruzeiro do Sul, Michel, Pio Corrêa, Santa Bárbara, São Cristóvão e São Simão. “Dividimos o Projeto Luminotécnico em seis regiões. Já contemplamos mais de 19% da primeira região, que abrande os bairros da área central”, explica o secretário municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Jóri Ramos Pereira.

Conforme o secretário-geral da Prefeitura de Criciúma, Tiago Pavan, diferentemente das luminárias convencionais, as lâmpadas de LED não possuem materiais danosos ao meio ambiente, não contam com mercúrio em sua composição e não emitem radiação ultravioleta. “Com uma durabilidade maior e uma economia significativa, essas lâmpadas prometem revolucionar a iluminação urbana. A mudança para lâmpadas de LED é um passo importante em direção à sustentabilidade e eficiência energética”, destaca.

Criciúma Sustentável

O Programa Criciúma Sustentável, lançado em dezembro de 2023, possui iniciativas voltadas ao desenvolvimento tecnológico e consciente da cidade. O programa destina aproximadamente R$ 40 milhões para a aquisição de carros elétricos para a frota municipal, construção da Fazenda Solar Nikola Tesla, além da compra e instalação de lâmpadas de LED em toda a rede de iluminação pública de Criciúma.

Já foram entregues 100 novos veículos elétricos JAC e-JS1 para substituir a frota de carros a combustão da prefeitura. O investimento foi de R$ 12,6 milhões. Os carros possuem autonomia de 280 km a 300 km e podem ser recarregados em uma tomada convencional ou usando dois tipos de carregadores: um de 7 kWh e outro de 20 kWh.

A Fazenda Solar Nikola Tesla, que está sendo construída no Parque dos Imigrantes, é mais um símbolo de recuperação ambiental de Criciúma. Localizada no distrito do Rio Maina, a estrutura, implantada em parceria com a Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), terá capacidade para gerar mais de 2 MW de energia limpa, que abastecerá as 63 escolas da rede municipal de ensino. O local contará, ainda, com um auditório para eventos, palestras e uma plantação de girassóis. O investimento inicial para a execução da obra é de R$ 7,1 milhões.

Últimas