Içara busca o protagonismo no futebol

Com um elenco recheado de grandes nomes – e comandado por um diretor de futebol experiente – equipe quer conquistar títulos neste ano


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Içara

- PUBLICIDADE -

Desde 2 de agosto de 2021, a segunda maior cidade da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) conta com um clube de futebol amador com representatividade na região. O Içara Futebol Clube conquistou a Série B do Regional da Liga Atlética da Região Mineira (Larm) e subiu para a primeira divisão. No ano passado, a equipe montou um elenco forte, mas foi eliminada nas quartas de final da competição.

Para esse ano, o projeto é ainda mais ousado. Sob a batuta do diretor de futebol, Neguinho, a equipe fez grandes contratações e montou um dos elencos mais estrelados do futebol amador da região. Porém, o dirigente mantém os pés no chão. “Vamos tentar fazer um elenco campeão. O time é forte, mas papel não ganha jogo. A gente sabe disso. O time de Içara já era forte e o que aconteceu? Caiu fora do Regional da Larm. Então, temos um elenco bom e vamos trabalhar”, comenta Neguinho.

A intenção é fortalecer a equipe com um projeto sólido, que engloba outras iniciativas além do futebol. “Recebi o convite do pessoal do Içara para conversarmos sobre o projeto que eles têm. E não é só projeto para um campeonato. É algo longo e que contempla não só o futebol, mas projetos sociais com escolinhas e outras iniciativas. Eu olhei, analisei e percebi que o projeto é bom”, diz.

As conversas começaram há dois meses. “Eu recebi o convite do Içara, diretamente do treinador, o Ronaldo, que me ligou. Eu estava de saída do Turvo, onde fiquei um ano e meio, e tudo isso fazia parte do nosso acordo. Quando o Caravaggio foi para o profissional, eu fui para o Turvo e levei os atletas comigo. Graças a Deus fomos campeões da Copa Sul e do Regional da Larm”, explica Neguinho.

Jogadores de renome no mercado regional

O elenco do Içara já contava com Beto Cachoeira, Foguinho, Filipe Monteiro, Dudu, Willian Massari, Dedê, Bruno Mazzuchello, Gui Colle e o goleiro Coca. Agora, Neguinho completou o grupo com outros jogadores de renome na região. “Na reunião, eu solicitei a possibilidade de levar alguns atletas, que estavam comigo no Turvo: Pedro Paulo, Marcelo, Ederson, Leonardo, Maicon Ermo, Marcel e Thiago Silvy. Eles gostaram, então, deu certo e o time já começou a treinar”, comenta Neguinho.

O desafio, agora, está nas mãos do técnico Ronaldo Michels. “Eu falei para o treinador: te vira. O time está aí. Não tem time titular, são todos titulares. Ele vai ter que colocar 11 para jogar e aí o trabalho é dele”, diz o diretor.

Neguinho está acompanhado de Marcos Vicente e Elias Figueroa na diretoria do Içara. Eles precisarão gerenciar um elenco repleto de estrelas. “Esse é o desafio. Estou chegando para auxiliar no extracampo. Para isso, também, levei o Marcos, da Uninter, que é um apaixonado por futebol e o Figueroa está comigo também na diretoria. Nos unimos com o pessoal do Içara, que tem uma diretoria ótima, um pessoal sensacional. Agora, vamos ver o que vai dar”, comenta.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.