12.5 C
Criciúma
domingo, maio 19, 2024

Cultivo de lavanda e alecrim é aposta para extração de óleos

Plantas possuem propriedades aromáticas e terapêuticas, mas plantações ainda são raras na região Sul

Morro da Fumaça
Edson Padoin
economia@tnsul.com

Em um cenário que mistura empreendedorismo e inovação, um empresário local está investindo no cultivo de lavanda e alecrim para produção de óleos essenciais na comunidade de Linha Torrens, em Morro da Fumaça. Glauber Recco, empresário e engenheiro químico, decidiu diversificar os negócios, buscando uma alternativa sustentável e de alto valor agregado com as plantas aromáticas.


A lavanda e o alecrim, famosos pelas propriedades aromáticas e terapêuticas, têm um mercado em ascensão devido à crescente demanda por produtos naturais e orgânicos. Embora o cultivo comercial dessas plantas seja uma prática consolidada em países como a França, Bulgária, Rússia e China, no Brasil ainda está em fase introdutória.


O engenheiro químico, que é proprietário de uma indústria de cosméticos, explica a motivação. “Já utilizamos óleos essenciais de várias plantas há muito tempo na empresa. Como fazíamos muitas compras desses óleos, decidimos fazer o teste para ver se a lavanda ia se adaptar bem aqui na nossa região. Hoje podemos dizer que se adaptou, mas existem algumas técnicas de cultivo e os cuidados necessários que ela necessita. Após isso, iniciamos os testes para a extração do óleo da lavanda e também do alecrim. Começamos a plantar há dois anos e agora estamos extraindo os óleos para a indústria cosmética”, detalha.

Foto: Nilton Alves/TN

Leia a matéria completa na edição desta segunda-feira, dia 25, do jornal impresso Tribuna de Notícias. Ligue para 48 3478-2900 e garanta sua assinatura.

Últimas