18.4 C
Criciúma
sexta-feira, maio 24, 2024

Cidades do Sul de SC sofrem com alagamentos depois de forte chuva

Em Praia Grande, turistas estão isolados em pousada devido ao volume de água nos rios e estradas

Chuva intensa, trovoadas e rajadas de vento. Assim, foi a madrugada e serão as próximas horas desta segunda-feira (4) no Sul de Santa Catarina. Na Região Carbonífera (Amrec), segundo o coordenador regional da Defesa Civil, Rosinei da Silveira, há diversas ocorrências de alagamentos e quedas de muros.

No município de Forquilhinha, na localidade de Cidade Alta, há registros de lâminas de água nas ruas.

Em Içara, durante a madrugada, o Corpo de Bombeiros foi acionado para abrir um buraco no muro de uma residência, no bairro Tereza Cristina, devido ao acúmulo da chuva.

A estrutura corria risco de queda e o local de inundação. Com a utilização de uma marreta, a guarnição dos bombeiros quebrou o muro. A Defesa Civil de Içara acompanhou os trabalhos.

Buraco foi aberto pelos bombeiros para escoar água de residência em Içara – Foto: Divulgação/CBMSC

Em Criciúma, segundo o diretor da Defesa Civil, Fred Gomes, não houve chamados para atendimento do órgão. “Estamos na rua fazendo o monitoramento dos pontos e áreas de risco. Até então, zero ocorrências para nós”, detalha.

Ainda conforme o coordenador regional da Defesa Civil, em Praia Grande, turistas estão isolados em uma pousada na localidade de Corujão em virtude dos alagamentos e enxurradas. De acordo com a prefeitura, eles têm acesso à internet, alimentação e água.

Também há ocorrências em outros pontos no interior da cidade. O prefeito Elisandro Machado, o Fanica, acompanha a situação das localidades que estão em risco.

Na comunidade de Bolicho da Guabiroba, em Praia Grande, o acesso de carros de passeio está comprometido em virtude das chuvas – Foto: Divulgação/Prefeitura de Praia Grande

Precipitação de até 20 milímetros para as próximas horas

Segundo o climatologista da Epagri (Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina) de Urussanga, Márcio Sônego, nas próximas horas deve chover cerca de 20 milímetros no acumulado de Criciúma.

Durante a tarde e noite desta segunda-feira, os ventos devem atingir 60km/h no Costão da Serra. Em Criciúma, 50km/h e, em Balneário Rincão, aproximadamente 70km/h.

A condição meteorológica das últimas horas se deve à formação de um sistema de baixa pressão em Santa Catarina, além do avanço de uma frente fria.

Em caso de emergência, ligue 199 (Defesa Civil), 193 (Bombeiros Militares) ou 190 (Polícia Militar).

*Via ND+

Últimas