SC: Polícia investiga se jovem que matou a mãe estava sob efeito de chá

Ex-colegas do suspeito contam que o rapaz citava constantemente a prática de rituais com o chá ayahuasca

Foto: Arquivo/ TN

- PUBLICIDADE -

Florianópolis

A investigação sobre a morte de mãe e filho em Florianópolis, nesta sexta-feira (21), está sendo realizada pela PC (Polícia Civil) de Santa Catarina. Entre as informações checadas, a Delegacia de Homicídios da Capital apura se o suspeito estava sob efeito de chás alucinógenos no momento do crime.

- PUBLICIDADE -

A polícia já se soube que mãe e filho utilizavam dos produtos durante rituais religiosos. No entanto, a investigação ainda não sabe se no momento do crime algum deles estava sob efeito dos produtos, o que deve ser revelado por laudos periciais. “Tudo será estudado”, diz o delegado do caso, Ênio Matos.

Ex-colegas do jovem contaram que ele citava constantemente a prática de rituais com o chá ayahuasca, uma bebida tradicionalmente utilizada para cura espiritual e possui potencial alucinógeno

Relembre o caso

Mãe e filho foram encontrados mortos em casa, em Florianópolis, nesta sexta-feira. A mulher de 42 anos tinha cortes de faca pelo corpo.

A suspeita da polícia é de que o filho dela, de 17 anos, tenha a matado e se suicidado logo depois. Os corpos da família foram encontrados por vizinhos.

A Polícia Militar, a Delegacia de Homicídios da Polícia Civil e a Polícia Científica (antigo Instituto Geral de Perícias) foram acionados para dar início às investigações.

Com informações do portal ND Mais

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.