Policial militar morto com fuzil em Florianópolis é velado

Luiz Fernando Oliveira foi baleado durante operação policial na noite de sexta-feira (12) em Florianópolis

Foto: Osvaldo Sagaz/ND

- PUBLICIDADE -

Ocorreu neste sábado (12) o velório do soldado do 21º BPM (Batalhão de Polícia Militar) em Florianópolis, Luiz Fernando Oliveira, de 35 anos. Luiz foi baleado na noite da última sexta-feira (11) durante uma operação policial na Rua dos Baianos, no bairro Ingleses.

Amigos e familiares velaram o corpo do policial durante a manhã no Cemitério Jardim da Paz, localizado no Saco Grande, em Florianópolis. Segundo informações da GMF (Guarda Municipal de Florianópolis), o corpo será cremado pela família.

- PUBLICIDADE -

Entenda

A PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina) foi acionada no início da noite de sexta para atender uma ocorrência no Norte da Ilha, entre os bairros Ingleses e Rio Vermelho, envolvendo o tráfico de drogas.

Os policiais entraram em uma residência localizada na rua Vicentina Custódia dos Santos, conhecida como Rua dos Baianos.

Lá, eles entraram em confronto com homens armados. Um relato, ainda não confirmado, revela que os PMs podem ter caído em uma emboscada na localidade, que está sob os cuidados de uma organização criminosa.

Foi no mesmo local que Luiz Fernando acabou ferido com um tiro de fuzil na cabeça.

O PM, que é natural de Florianópolis e morador do bairro Ponta das Canas, foi conduzido até a UPA Norte (Unidade de Pronto Atendimento), mas não resistiu aos ferimentos.

Suspeito do crime é morto

Horas após o assassinato, o suspeito de matar o soldado foi morto em confronto com a PM. A informação foi confirmada nas primeiras horas da manhã deste sábado (12), pelo coronel Araújo Gomes.

A operação para encontrar o suspeito iniciou logo após o crime, que aconteceu por volta das 19h de sexta.

Polícia Militar exprime pesar

É com imenso pesar que a PMSC informa o falecimento do Soldado Luiz Fernando de Oliveira, 35 anos, do 21º Batalhão de Polícia Militar, Florianópolis. O militar faleceu em serviço na tarde desta sexta-feira, 11, em atendimento de ocorrência policial.

A denúncia informava um suspeito armado com um fuzil em uma residência no bairro Ingleses, Norte da Ilha.

A guarnição policial militar foi realizar a averiguação da denúncia, e ao adentrar em um terreno de uma casa para encontrá-lo, os militares foram surpreendidos com uma “rajada” de fuzil, atingindo assim, o policial que estava em serviço.

O autor dos disparos fugiu em seguida, logo após troca de tiro com a Polícia Militar. As buscas iniciaram imediatamente.

O Militar ingressou na Corporação no ano de 2013. Em seus nove anos de serviço Policial Militar, o soldado PM Luiz Fernando, deixa um legado por ter sido um profissional dedicado, sempre compromissado com a ordem pública e segurança da sociedade catarinense.

Neste momento de tristeza e vazio, o comandante-geral da PMSC, coronel Marcelo Pontes, em nome de toda Corporação, se solidariza com toda a tropa, amigos e familiares.

“Jamais sejam por nós esquecidos”. Canção da Polícia Militar de Santa Catarina.

Oficiais se manifestam

Na manhã deste sábado, agentes da GMF, em comboio com os policiais militares, manifestaram a morte de Luiz pelas ruas da Capital catarinense.

 Fonte: ND Mais
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.