Operação Narcos Brasil será realizada em Santa Catarina

Polícia Militar da região estará em ação nos próximos dias no combate ao tráfico de drogas

Foto: Daniel Búrigo/TN/Arquivo

- PUBLICIDADE -

Maíra Rabassa
Criciúma/Içara

Iniciou em toda Santa Catarina a “Operação Narco Brasil” da Polícia Militar. As ações começaram ontem e visam eliminar pontos de comercialização de entorpecentes, a desarticulação de atividades ilícitas e o cumprimento de mandados de busca e apreensão nos municípios catarinenses.

- PUBLICIDADE -

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

A operação é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi), e está sendo realizada em todas as unidades da federação. Atuará junto com a PMSC, a Polícia Rodoviária Federal, Secretarias de Segurança Pública e Polícia Civil.

“A Polícia Militar vai estar em todo território catarinense com a Operação Narcos Brasil, que visa o combate ao crime de narcotráfico. Delito que integra, inclusive, o crime organizado e tem sido uma das principais áreas de atuação da criminalidade, a qual transcende fronteiras”, explica o major Giovani Santos Constanza, subcomandante do 29º Batalhão da Polícia Militar que atende Içara, Balneário Rincão e Morro da Fumaça.

Durante a execução, serão realizadas ações preventivas, ostensivas e repressivas de combate ao tráfico de drogas, como blitz, barreiras, abordagens e fiscalizações de veículos e pessoas. Além disso, serão apresentadas campanhas de conscientização acerca dos malefícios do uso de entorpecentes.

Atividades vão até o dia 6 de julho
O objetivo da ação é reprimir os delitos relacionados ao tráfico de drogas numa parceria com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), em alusão ao Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, comemorado em 26 de junho. De acordo com Sandi Sartor, comandante do 9º Batalhão da PM de Criciúma, as atividades da operação irão até o dia 6 de julho.

“Os policiais empregados nesta operação serão divididos em dois grupos e atuarão em todo município de Criciúma, realizando ações estratégicas de fiscalização a veículos, pessoas e em pontos mapeados pela Agência de Inteligência como pontos de vendas de substâncias entorpecentes ilegais”, conclui Sartor.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.