Mais de 40 casas foram atingidas por granizo no Oeste de SC

Além das casas, empresas e plantações de hortaliças foram afetadas pelas pedras. O temporal atingiu a região no domingo

Foto: Defesa Civil/ND

- PUBLICIDADE -

Um forte temporal de granizo atingiu mais de 40 casas, empresas e plantações nos municípios de Abelardo Luz, Passos Maia, São Domingos e Vargeão, no início da tarde deste domingo, 7. Equipes da Defesa Civil apresentaram o levantamento dos danos na região do Oeste e Meio-Oeste de Santa Catarina.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Em Abelardo Luz, a informação da Defesa Civil é de que 12 residências foram atingidas, além de danos a agricultura em plantações de hortaliças. O temporal foi registrado na linha São Jorge, Capão Grande, e assentamento 25 de Maio.

No município de Passos Maia, conforme a Defesa Civil, 15 residências, três empresas e um comércio, foram afetados. O registro foi nos bairros Centro, Coab, Cancelli, loteamento Nilde Bresciani e na comunidade Tozzo.

Já em Vargeão foram 14 residências afetadas e três galpões de garagem no interior do município. Os locais atingidos são as linhas Mendes, Gramas, parte São Braz e Copinha.

O município de São Domingos teve granizo fino e não apresentou registro de danos. As pedras caíram na linha Manfroi. As equipes da Defesa Civil continuam o levantamento nos municípios de Passos Maia. O órgão informou que foram entregues lonas para as famílias atingidas.

Os temporais

O primeiro registro ocorreu em Abelardo Luz, por volta das 12h, com granizo fino em grande quantidade. As pedras, que caíram com chuva, deixaram a paisagem branca.

Durante a manhã de domingo, às 11h42, a Defesa Civil havia emitido um alerta de temporal com raios, rajadas de vento, granizo e alagamento para as regiões do Oeste e Meio-Oeste nas 2 horas seguintes.

*Via ND+

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.