Lauro Müller: mulher é condenada por tramar tentativa de homicídio

Homem sobreviveu à tentativa sofrida na época, em 2019. Outras duas pessoas também irão cumprir pena pelo crime: o homem que esfaqueou a vítima e uma mulher que participou do crime como intermediadora

Foto: Pixabay

- PUBLICIDADE -

A Justiça condenou ontem três pessoas por uma tentativa de homicídio ocorrida em janeiro de 2019, em Lauro Müller. Foram condenados Edna Cambruzi, com uma pena de 8 anos e 4 meses por tramar a tentativa de homicídio contra o marido, Kelven Altevir da Silva, executor da tentativa do homicídio, a 7 anos e 9 meses, e Pamela da Silva Schug, intermediadora, do a uma pena de 4 anos e 6 meses de condenação.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Relembre o caso:

À época dos fatos, três homens entraram na residência do casal e após roubarem aparelhos eletrônicos e alguns eletrodomésticos, foram surpreendidos pelo dono da casa, que foi atacado e ferido com várias facadas. Uma delas atingiu o pescoço. A vítima ficou internada no hospital e sobreviveu.

O inquérito policial apurou que a tentativa de homicídio está relacionada a saques bancários feitos pela mulher na conta que o casal mantinha em conjunto e as diferentes versões que ela e as testemunhas apresentaram à polícia durante depoimento. No cumprimento do mandado de prisão ocorrido em junho de 2019, os policiais apreenderam dinheiro em espécie, um aparelho celular e munições calibre 22.

Foto: Pixabay
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.