Identificada a primeira vítima da tragédia na BR-376

O profissional de 60 anos dirigia o caminhão que ficou pendurado no momento do deslizamento

José Maria Pires, de 60 anos, estava no caminhão que ficou pendurado – Foto: Divulgação/ND

- PUBLICIDADE -

Na longa espera pelo resgate e identificação das vítimas soterradas às margens da BR-376, segunda-feira à noite, dia 28, aos poucos os familiares vão reconhecendo por meio de fotos e vídeos os veículos no fundo do abismo e aguardam notícias já sem esperança de encontrá-los com vida.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

A primeira vítima identificada e cujo corpo já foi liberado para sepultamento é do caminhoneiro José Maria Pires, de 60 anos. Imediatamente, a família reconheceu pelas primeiras imagens o caminhão com container vermelho que ele dirigia.

O empresário Maurício Rodrigo Alexandre, ex-genro do caminhoneiro, diz que a família está incrédula e acredita que ele tenha sobrevivido ao impacto da terra, mas na escuridão total, quando tentou sair da cabine, tenha caído na ribanceira. Porém, se Pires dirigia o caminhão que o vigilante patrimonial Eric Lemos Gonçalves escoltava – o ex-genro não tinha esta informação -, ele provavelmente foi arremessado com o impacto, conforme a testemunha descreveu.

Maurício diz que o ex-sogro, com quem conviveu por cerca de dez anos, era uma excelente pessoa, sempre muito alegre e divertido. O último contato que ele fez com a família foi por volta das 18h30 de segunda-feira, dia 28, menos de uma hora antes da tragédia.

Caminhoneiro José Maria Pires, de 60 anos, será velado e sepultado nesta quarta – Foto: Divulgação/ND

“Hoje ainda eu estava comentando que ele sempre quando chegava de viagem queria assar carne e tomar cerveja. Agora fica a saudade”, lamentou. Pires era casado, tinha cinco filhos e morava em São Francisco do Sul. O corpo já foi liberado e será velado e sepultado nesta quarta, dia 30, em São José dos Pinhais, no Paraná.

 *Via ND+

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.