Criciúma: dupla que matou idoso com 14 tiros é condenada

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -
Criciúma
O Tribunal do Júri da comarca de Criciúma condenou dois homens pela morte de um idoso de 63 anos. O crime aconteceu em 2 de janeiro de 2020, no bairro Cristo Redentor, na cidade-sede da comarca e foi o primeiro homicídio daquele ano. A sessão de julgamento, presidida pelo juiz substitu​to Guilherme Costa Cesconetto, iniciou às 9h da manhã de quinta-feira e encerrou os trabalhos às 4h da manhã de sexta-feira (11/3).
Segundo a denúncia, a vítima foi morta pela suspeita de que teria praticado crime sexual contra uma criança e por isso os acusados, integrantes de facção e numa espécie de “tribunal paralelo”, teriam decidido pela morte do idoso. A vítima teria sido abordada pela dupla, acompanhada de um adolescente, em via pública e alvejada com 14 disparos de arma de fogo. A acusação contra o idoso nunca foi comprovada.
Um réu foi condenado pelos crimes de homicídio qualificado, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, organização criminosa e corrupção de menores a 19 anos e 8 meses de reclusão, em regime inicial fechado. O corréu foi condenado por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima e pelo crime de organização criminosa a 18 anos de reclusão, em regime inicial fechado. A ambos foi negado o direito de recorrer em liberdade. O processo tramitou em segredo de justiça.
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.