Colegiado de Defesa Civil da Amesc se mantém em alerta

Colegiado de Defesa Civil da AMESC realizou uma reunião extraordinária na noite desta quarta-feira, 04, junto a coordenadoria regional da Defesa Civil

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

O Colegiado de Defesa Civil da AMESC (Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense) está em atuação preventiva diante das últimas ocorrências climáticas. Junto a coordenadoria regional da Defesa Civil realizaram uma reunião extraordinária na noite desta quarta-feira (04).

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Todos os profissionais se encontram mobilizados para o atendimento da população e com atuação colegiada.

Referente as aulas, a decisão colegiada foi que cada município analise seu caso. O Colegiado conforme as demandas municipais, tem buscado manter dois boletins diários sobre a a situação.

Boletim do Colegiado dos Coordenadores Municipais de Proteção e Defesa Civil da AMESC – 04/04/2022 – 20 horas

– Araranguá: apresenta pontos de alagamentos na localidade de Barranca, famílias estão sendo retiradas de suas residências, e sendo realocadas em familiares ou abrigos. Está trabalhando pra conseguir caminhões, e realizar os transportes de maneira mais eficiente. O município disponibilizou um local para locar as famílias, com todo suporte necessário.

– Balneário Arroio do Silva: Dentro da normalidade. Equipes municipais atuando em pontos de alagamentos a fim de reduzir os efeitos dos mesmos.

– Ermo: no momento o rio baixou 1,65 m. Seu maior limite foi 6,60 m. A comunidade de Turvo Baixo que se encontra sem acesso com uma lâmina d’água de 70 cm na estrada a uma distância de 600 m e também na comunidade de Água Branca a estrada possui uma  lâmina d’água de 35 cm a uma distância de 400 metros.

-Jacinto Machado: Dentro da normalidade. A Barragem do Rio Leão está apenas 20cm acima do nível, baixando 10cm em relação ao dia de ontem.

-Maracajá: Hoje pela manhã das 6h até às 12h o rio subiu cerca de 10 cm. A tarde ele se manteve estável. Foram retiradas mais 2 famílias com a ajuda do Corpo de Bombeiros Militar, totalizando desde ontem 21 famílias desalojadas. Aos demais que ficam em áreas de risco se recusando a sair , solicitado que saiam. O rio nesse momento ainda estável.

– Santa Rosa do Sul: Defesa civil segue monitorando a Barragem do Rio Leão na comunidade de Tenente, e realizando vistorias constantes no município sem danos maiores.

-Sombrio: A Defesa civil de Sombrio  junto e o Sr Jonas, Secretário de Obras e Agricultura, realizou vistorias na cidade e monitoraram os rios, os quais se encontram um pouco acima do normal mais nada que venha a preocupar a cidade.

-Timbé do Sul: Até aproximadamente às 16h de hoje os rios estavam com os níveis baixando. A defesa civil juntamente com a secretaria de obras municipal faziam o trabalho de limpeza e desassoreamento de passagem molhada e deslocamento de massa que ocorreram durante a chuva. Ao final da tarde o rio voltou a encher rapidamente devido a quedas de barreiras que ocorreram nas encostas. Felizmente ninguém ficou feriado e houve somente pequenos danos materiais. Até o momento temos poucas estradas com acúmulo de água e algumas pontes foram danificadas.

Os demais municípios se encontram dentro da normalidade.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.