Cabo da PMRv morre após ser atropelado por foragido na SC-108

Foragido do presídio de Blumenau tem passagens por tráfico de drogas e extorsão, não acatou a ordem de parada da polícia e atropelou o militar

Foto: Divulgação/PMRv

- PUBLICIDADE -

A Polícia Militar Rodoviária informou na manhã desta segunda-feira, 25, através de uma nota de pesar, a morte do cabo Alexandre Maciel. Ele estava trabalhando neste domingo, 24, quando acabou sendo atropelado na SC-108, por volta das 19h, em Massaranduba. O fato aconteceu no quilômetro 50 da rodovia.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

No momento do atropelamento, o policial estava realizando um atendimento a um acidente de trânsito. Ao tentar realizar abordagem a outro veículo, que vinha em fuga de outras guarnições da região e seguia pela rodovia, ele acabou sendo atingido. O condutor, de 26 anos, foragido do presídio de Blumenau, com passagens por tráfico de drogas e extorsão, não acatou a ordem de parada e jogou o veículo em cima do militar.

Após cometer o crime, o homem abandou o veículo e fugiu para uma área de mata. Sua esposa ficou trancada no interior do veículo. Diversas guarnições da Polícia Militar fazem buscas na região, para tentar localizar o autor do atropelamento.

O policial chegou a ser atendido pelos bombeiros voluntários e foi levado à Unidade de Pronto-Atendimento de Massaranduba. Apesar dos esforços das equipes, ele acabou não resistindo.

O cabo Maciel tinha 40 anos e já trabalhava no Posto 13 da PMRv há 10 anos. O militar, que ingressou na PMSC em 16 de janeiro de 2006, deixa esposa e dois filhos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.