Jornal Tribuna de Notícias prepara Guia do Eleitor

Suplemento com oito páginas coloridas servirá para tirar todas as dúvidas de quem irá às urnas no dia 2 de outubro

Foto: Antonio Augusto/Ascom/TSE

- PUBLICIDADE -

José Adílio
Criciúma

O Jornal Tribuna de Notícias trará no dia 27 de setembro, o Guia do Eleitor. O suplemento especial terá oito páginas e buscará tirar todas as dúvidas, como por exemplo, o que é proibido ou não o eleitor fazer no dia da votação; sobre o que poderá impedir o eleitor de votar; a proibição do uso do celular e outras questões que orientam a pessoa com a finalidade de evitar a anulação do voto ou que vote errado. “Todos os anos de eleições, neste período, procuramos trazer o guia, pois muita gente não conhece as regras. O Guia é
um caderno de orientação”, destaca o diretor do Grupo SL de Comunicação, Edson Da Soler.

- PUBLICIDADE -

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

O diretor também orienta que os eleitores façam as escolhas corretas e, para isso, o suplemento Guia do Eleitor trará orientação de como votar no momento em que entra na cabine, com os cargos a serem escolhidos. Para este ano, cinco cargos estarão em disputa na votação, dos quais dois são para o Poder Executivo — presidente da República e governador. Os outros três, senador, deputado estadual e deputado federal, ficam no âmbito do Poder Legislativo.

Mas, é importante estar atento se você precisar voltar às urnas no dia 30 de outubro, data definida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a realização de um eventual segundo turno. Neste caso, o número de cargos diminui, pois a Constituição prevê a disputa apenas para presidente e governador.

Mesmo que você considere que o cargo de presidente seja o mais importante, a ordem de votação será da seguinte forma: Deputado Federal, com quatro dígitos; Deputado Estadual, com cinco dígitos; Senador, com três dígitos; Governador, com dois dígitos; e presidente da República, com dois dígitos.

Vale destacar que os dois primeiros dígitos, em todos os casos, representam o número do partido do candidato. Uma dica interessante para não votar no candidato
errado é levar uma “cola” para a cabine de votação, com os números dos concorrentes preferidos para cada cargo.

Leia a matéria completa na edição desta terça-feira, 13, do jornal impresso Tribuna de Notícias.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.