Jorginho reúne deputados do PL eleitos e pede união para Bolsonaro

O partido elegeu 11 deputados estaduais, seis federais e Jorge Seif como senador em Santa Catarina

Foto: Reprodução

- PUBLICIDADE -

“Não existe eleição ganha. Nós precisamos ter a humildade de apontar os nossos erros no primeiro turno e corrigi-los para o segundo”. Com este tom e sem ‘salto alto’, o candidato ao governo de Santa Catarina pelo Partido Liberal, Jorginho Mello, reuniu nesta quarta-feira, 5, no comitê de campanha os deputados federais e estaduais eleitos no pleito de domingo.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Apesar de ter terminado o primeiro turno na ponta, com 38,62% dos votos válidos e mais de 1,5 milhão de votos, Jorginho pediu concentração, força e união da sigla para reeleição do presidente Bolsonaro.

“A coisa mais importante daqui pra frente é a eleição do Bolsonaro, pois de nada adianta a gente fazer a maior bancada, o senador e não ter o presidente. Eu peço a todos vocês que não descansem um minuto! É o nosso futuro e do País que está em jogo”, ressaltou o candidato.

Jorginho ouviu palavras de apoio e de compromisso por parte dos eleitos. Ao todo, em Santa Catarina, o PL, que é presidido por Jorginho, elegeu 11 deputados estaduais, seis federais e Jorge Seif como senador, demonstrando a musculatura do partido no Estado.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.