Forquilhinha: usina de asfalto começa a tomar forma

Complexo será instalado na cidade de Forquilhinha e atenderá também as cidades de Nova Veneza e Maracajá

Foto: Nilton Alves/TN

- PUBLICIDADE -

José Adílio
Forquilhinha

Para auxiliar no desenvolvimento da malha viária urbana dos municípios de Forquilhinha, Nova Veneza e Maracajá foram entregues ontem as autorizações de fornecimento para as aquisições de equipamentos e insumos da Usina de Asfalto, que será instalada em Forquilhinha. Os investimentos são feitos através do programa SC Mais Asfalto do Governo do Estado de Santa Catarina e do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da Amrec.

- PUBLICIDADE -

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Ao todo, serão investidos R$ 6.312.986,28 neste primeiro momento, recursos provenientes do SC Mais Asfalto. Entre os itens adquiridos estão: compra da usina de asfalto quente (CAUQ) móvel e silo para emulsão asfáltica; pá carregadeira sobre rodas; caminhões para espargidor, transporte geral de pessoal e de pintura e sinalização; entre outros equipamentos necessários.

O prefeito de Forquilhinha, José Cláudio Gonçalves, o Neguinho, enaltece a importância deste ato. “Nós conseguimos celebrar um convênio entre os municípios pelo CIM-Amrec e, após um contrato de convênio com o programa SC Mais Asfalto, do Governo do Estado. Com a agilidade e eficácia das equipes da Amrec e Prefeitura de Forquilhinha agilizamos o processo licitatório para a compra dos equipamentos do complexo da Usina de Asfalto. Os recursos já estão na conta do consórcio e assim que as empresas vencedoras das licitações entregarem os equipamentos os pagamentos serão efetuados. A Usina de Asfalto é um grande avanço para o município de Forquilhinha que irá possibilitar mais pavimentações, em tempo recorde, com um preço mais barato e qualidade. A expectativa é que ano que vem já estarmos produzindo asfalto. As pavimentações trazem mais qualidade de vida, valorizam o terreno e as residências, o que faz com as pessoas embelezem as suas casas. E com isso, chegar aos 70 quilômetros previstos em nosso mandato”.

Nova Veneza

Para o prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo, pontuou a importância da estrutura para as cidades ao apontar que o maior desejo da população é contar com pavimentação asfáltica nas estradas. Aqui no município estamos levando asfaltamento para o interior. Ele também cita a economia que os municípios terão com a usina própria.

“A aquisição da usina de asfalto para os nossos municípios é uma ação visionária com os prefeitos Neguinho e Aníbal, para garantirmos agilidade, com economia, e mais qualidade de vida aos nossos cidadãos, levando asfalto para mais comunidades das três cidades que serão beneficiadas com esta iniciativa”, pontua o prefeito de Nova Veneza, Rogério Frigo.

Maracajá

Para o prefeito de Maracajá, Aníbal Brambila, a implantação da usina de asfalto ajudará a reduzir custos na produção da massa asfáltica e também contribuirá com o desenvolvimento dos municípios envolvidos. “É um equipamento moderno, que vai gerar economia e autonomia para as prefeituras. Vamos conseguir fazer mais por menos, reduzindo significativamente os custos”, disse.

Aquisição dos equipamentos através do consórcio

O prefeito de Cocal do Sul e presidente do CIM-Amrec, Fernando de Fáveri, destaca ser um momento especial para os municípios beneficiados com a Usina de Asfalto. “O complexo irá proporcionar o desenvolvimento com abertura de novas estradas com a pavimentação asfáltica e isso faz com as cidades e a região se desenvolvam ainda mais. Agradeço ao governador Carlos Moisés por destinar esses recursos que irão baratear o custo da aquisição do asfalto para esses municípios. É o fim dos buracos nas rodovias municipais, ampliação do asfalto no interior, no centro da cidade. Com a gestão própria se torna mais fácil, eficaz e quem ganha com isso são os cidadãos dessas três cidades”.

O prefeito de Cocal do Sul elogiou a união dos três municípios que acreditaram no projeto e contaram com a pareceria do CIM-Amrec para a concretização da proposta. Os recursos foram mandados pelo governo para as contas do consórcio, que em parceria com a prefeitura de Forquilhinha realizou as licitações para a compra dos equipamentos. Os recursos liberados foram acima de R$ 8 milhões.

Autorizações de fornecimento

– compra da usina de asfalto quente (cauq) móvel e silo para emulsão asfáltica

O valor investido será de R$ 2.602.000,00 (Dois milhões, seiscentos e dois mil reais)

– aquisição do vibro acabadora autopropelida e espargidor

O valor do investimento é de 1.153.000,00 (Um milhão e cento e cinquenta e três mil reais)

– compra da pá carregadeira sobre rodas. O valor é de R$ 538.000,00 (quinhentos e trinta e oito mil reais).

– compra de fresadora de pequeno porte e minicarregadora. O valor é de R$ 527.333,33 (quinhentos e vinte sete mil reais, trezentos e trinta e três mil e trinta e três centavos).

– compra de caminhão para espargidor e veiculo para transporte geral, de pessoal e de sinalização. O valor é de R$ 748.000,00 (setecentos e quarenta e oito mil reais).

– compra de caminhão para equipamento de pintura e sinalização. O valor é de R$ 349.900,00 (Trezentos e quarenta e nove mil e novecentos mil reais).

– compra de equipamento de pintura e sinalização. O valor é de R$ 334.900,00 (Trezentos e trinta e quatro mil e novecentos mil reais).

– compra de carroceira aberta. O valor é de R$ 25.333,33 (Vinte e cinco mil e trezentos e três reais e trinta e três centavos).

– compra de cortador de piso asfalto/concreto e compactador de percussão. O valor é de R$ 16.876,89 (Dezesseis mil e oitocentos e setenta e seis reais e oitenta e nove centavos).

– compra de kit de equipamento de sinalização e segurança. O valor é de R$ 17.642,73 (Dezessete mil e seiscentos e quarenta e dois reais e setenta e três centavos).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.