Bolsonaro recebe ministros e parlamentares na Alvorada

Participaram também do evento nesta quinta-feira, 06, ao menos três governadores reeleitos no primeiro turno das eleições

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

O presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) se reuniu, na manhã desta quinta-feira (6), no Palácio da Alvorada, com parlamentares eleitos e da base aliada. Estiveram presentes também ao menos três governadores reeleitos no primeiro turno das eleições.

> Clique e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Imagens do encontro foram divulgadas nas redes sociais de aliados, como o ministro das Comunicações, Fábio Faria. O candidato a vice-presidente na chapa de Bolsonaro, general Braga Netto, esteve presente. Os governadores reeleitos Gladson Cameli (PP-AC), Ronaldo Caiado (União Brasil-GO) e Antonio Denarium (PP-RR) participaram do encontro.

Entre os parlamentares estão Carla Zambelli (PL-SP), Bia Kicis (PL-DF), Damares Alves (Republicanos-DF), Eduardo Bolsonaro (PL-SP), Caroline de Toni (PL-SC), entre outros. Os ministros Ciro Nogueira (Casa Civil), Célio Faria (Secretaria de Governo), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) também marcaram presença.

Com 100% das urnas apuradas, Bolsonaro teve 51.072.345 (43,2%) dos votos, contra 57.259.504 votos (48,43%) do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O primeiro turno ocorreu no último domingo (2) e a totalização da contagem dos votos foi concluída às 10h27 de terça-feira (4).

No primeiro turno, o petista ganhou em 14 estados: Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins. O atual presidente ganhou em 13 locais: Acre, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e São Paulo.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.