UPA Rio Maina: referência em saúde, estrutura será entregue à população

Cerimônia acontece nesta sexta-feira, dia 18, a partir das 11h, com a presença do ministro Marcelo Queiroga. Oficialmente, serviços estarão disponíveis às 13h

Foto: NIlton Alves/ TN

- PUBLICIDADE -

Criciúma

A tão esperada inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Distrito de Rio Maina, em Criciúma, é realidade. Um antigo pleito da comunidade, hoje, se concretiza. A partir das 13h desta sexta-feira, os atendimentos no local já estarão disponíveis à população. A solenidade de entrega da estrutura contará com a presença do Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga e demais autoridades da região, na rua Santos Uggioni, às 11h.

- PUBLICIDADE -

A UPA do Rio Maina segue os moldes da estrutura localizada na Grande Próspera. Com atendimentos de urgência e emergência sem a necessidade de agendamentos, a unidade conta, ainda, com serviços de odontologia das 6h às 24h, raios-x, colocação de gesso, eletrocardiograma e exames laboratoriais. A partir do dia 14 de março, poderão ser realizadas, no local, aproximadamente 400 pequenas cirurgias por mês.

“Vamos ter avanços significativos. A expectativa na nova UPA é atender até nove mil pessoas por mês. A média da Próspera é praticamente isso. Na unidade, há uma capacidade de atendimento de urgência 24h e odontologia das 6h às 24h”, comenta o secretário de Saúde de Criciúma, Acélio Casagrande. “Na Próspera, a gente atende o gesso 12 horas por dia, ali no Rio Maina estará à disposição 24 horas”, completa.

Outro grande diferencial – que deve contribuir com a ampliação dos atendimentos, é a oferta de 400 cirurgias por mês na UPA do Rio Maina. “Na Próspera, não temos esses procedimentos. Então, vai estar além essa nova estrutura”, enfatiza Casagrande. “As duas unidades vão ter capacidade para atender os dois lados da cidade, podendo estabilizar a condição dos pacientes”, acrescenta o secretário.

O objetivo, além de reduzir o fluxo de atendimentos na Grande Próspera, é humanizar o sistema de saúde, diminuindo o tempo de espera em filas e garantindo maior qualidade aos pacientes. “Estamos com uma expectativa muita positiva. Muitas vidas serão salvas pela proximidade da nova UPA com as pessoas daquela região do Distrito de Rio Maina”, finaliza Casagrande.

Equipe de profissionais na nova estrutura

A nova UPA terá uma equipe capacitada, com: três médicos clínicos gerais, um técnico de gesso, um técnico de raio-x, quatro técnicos de enfermagem, três enfermeiros, um gerente de enfermagem, um diretor, um auxiliar de saúde bucal, um dentista, uma  farmacêutica, além de serviços gerais, vigia, recepcionistas, RH, financeiro e serviço social, serviços de manutenção e informática e auxiliares de almoxarifado.

Homenagem a cidadão criciumense

UPA José Marcomin. Assim, deve ser reconhecida a Unidade de Pronto Atendimento do Rio Maina. A intenção é homenagear o cidadão, que teve uma vida dedicada à comunidade. Natural de Meleiro, em 1956, veio com a esposa e a filha Eralda para Criciúma, residindo no bairro Estaçãozinha, distrito de Rio Maina.

Inicialmente, José Marcomin trabalhou como mineiro, no bairro Metropol. Por volta da década de 1950, com amigos, fundou a empresa de transportes coletivos Auto Viação São João, que fazia as linhas para Turvo, Meleiro, Tubarão, Laguna, Imbituba e Imaruí.

O cidadão contribuiu com a comunidade, destacando-se em obras como a construção de igrejas no Rio Maina, no Laranjinha e no bairro São José.  José Marcomin teve 11 filhos – nove ainda vivos. Ele faleceu em 4 de agosto de 2014, com 93 anos.

Atendimentos na UPA do Rio Maina:

  • Serviços de urgência e emergência;
  • Serviços de odontologia das 6h às 24h;
  • Raios-x;
  • Colocação de gesso 24h;
  • Eletrocardiograma;
  • Exames laboratoriais;
  • 400 pequenas cirurgias/mês.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.