Trânsito da Serra do Rio do Rastro permanece interditado

Tráfego está proibido em ambos os sentidos da SC-390 e motoristas devem usar rotas alternativas pela Serra do Corvo ou BR-470

Foto: Divulgação/PMRv

- PUBLICIDADE -

Lauro Müller

Letícia Ortolan

- PUBLICIDADE -

A Serra do Rio do Rastro, na SC-309, segue totalmente interditada na manhã desta quarta-feira, dia 7. Ao longo do dia, novas avaliações devem ser feitas pela Defesa Civil, Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade de Santa Catarina (SIE), Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e Polícia Militar Rodoviária (PMRv), sobre possíveis riscos. O bloqueio se dá por conta de uma queda de barreira, após intensas chuvas que atingiram o Estado na última semana.

Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Conforme o major Álvaro, comandante do 2º Batalhão da PMRv, o tráfego está proibido em ambos os sentidos da pista, sem previsão de liberação. Na noite da última segunda-feira, dia 5, um grande volume de terra caiu sobre as pistas, junto a pedras e outros materiais, na altura do km 410, 300. Não houve nenhum registro de pessoas feridas no local.

“Todos os materiais já foram retirados pela equipe de manutenção, com o apoio de máquinas, ou seja, o nosso motivo para o bloqueio dos tráfegos são os riscos de novas quedas, tendo em vista que as condições climáticas não estão favoráveis. É uma questão de segurança e estamos trabalhando para preservar vidas”, destacada o major Álvaro.

A rodovia estadual inicia em Lauro Müller, na Serra (onde houve a queda de barreira), e segue até Bom Jardim da Serra, na mesma região. “Isso acontece por conta do grande volume de chuvas. Existem pontos que ainda não possuem as barreiras de contenção, mas é claro que com esses problemas, novos estudos deverão ser levantados. Se a rodovia não tivesse passado pela reforma recente, os riscos seriam maiores”, pontua o major Álvaro.

Rota alternativa

A PMRv orientada os motoristas que precisarem passara pelo trecho. Com o bloqueio da Serra do Rio do Rastro, os condutores podem acessar rotas alternativas pela Serra do Corvo (trânsito em meia pista) ou a BR-470.

Reformas realizadas

No ano passado, a Serra do Rio do Rastro passou por uma ampla reforma de contenção na SC-390, que duraram cerca de 500 dias de trabalho. No total, 25 pontos considerados críticos foram avaliados e passaram por melhorias. O intuito era trazer maior segurança aos turistas e moradores do local.

Considerada a obra de contenção do Estado na época, além dessas ações estruturantes, foram feitas a retirada de blocos rochosos e outros materiais que estavam soltos. Foram colocadas ainda, telas metálicas de alta resistência com grampos, para evitar quedas de bloco e movimentação de massa, problemas que já eram frequentes na rodovia.

Serra do Corvo Branco

A Serra do Corvo branco apresenta condições mais seguras para os condutores, por conta das obras emergenciais de recuperação e drenagem pelas quais vêm passando desde maio deste ano, pela SIE. Os serviços ainda não foram concluídos, por tanto o trânsito segue lento em meia pista.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.