Semáforos são instalados em frente ao Fórum na Santos Dumont

Sinaleiras devem ser ativadas na metade de dezembro. Acidentes no trecho foram registrados nos últimos meses

Foto: Nilton Alves/TN

- PUBLICIDADE -

Thais Borges/Especial
Criciúma

Em frente ao Fórum de Criciúma, na Avenida Santos Dumont, foram instalados dois semáforos. As fiações já estavam prontas, porém a implantação da estrutura só aconteceu na última semana. A ativação das sinaleiras deve ocorrer na metade de dezembro. No momento, os semáforos estão piscando somente em amarelo. O trecho registrou acidentes nos últimos meses devido à imprudência de motoristas que não respeitam as sinalizações do local. Com a sinalização horizontal, vertical e os semáforos, a expectativa é que os acidentes não aconteçam mais.

- PUBLICIDADE -

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Outros dois semáforos foram instalados na Santos Dumont na altura da rua Eugênio Tessman, próximo à Gráfica GM (apenas referência). “Nós não vamos botar funcionar agora porque nós estamos com a sinalização vertical, mas ainda não temos a horizontal. A horizontal é aquela que vai dividir, fechar, delimitar o espaço para os veículos e os ciclistas”, detalha o gerente de operações da Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT), Paulo Borges. “Enquanto não tiver delimitado a sinalização horizontal do ciclista, não vamos liberar o semáforo porque as pessoas estacionam, passam de forma diferente (pela avenida)”, completa.

 

A pintura da ciclofaixa deve ser concluída em 17 de dezembro. “Precisa estar toda concluída, com sinalização horizontal e os tachões colocados (tartarugas)”, diz Paulo Borges. Em frente ao Fórum serão colocadas faixas de pedestres, assim como em outros trechos da Santos Dumont, com previsão de entrega até 17 de dezembro também. “Se a empresa liberar antes disso, a gente também vai liberar o semáforo“, fala o gerente de operações da DTT, sobre a empresa terceirizada que foi contratada para realizar o serviço.

 

Mudança

 

Quem passa ao lado do Fórum na rua Raymundo Procópio Nunes não poderá acessar a Santos Dumont. Como alternativa, a Raymundo Procópio Nunes dá acesso a Francisco Milioli, rua em paralelo com a Santos Dumont. O condutor deve seguir até a Eugênio Tessman e aí sim pode pegar a avenida. A mudança passará a valer quando a rua Francisco Milioli estiver pronta, porque passa por um asfaltamento. A entrega deve acontecer em dezembro. “Já estamos preparando ela para colocar a capa asfáltica. Já foi feita a drenagem. Nessa semana, acho que vamos preparar com base e sub base para colocar a capa”, explica o secretário de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana da cidade, Tita Beloli. A aplicação de asfalto na via faz parte das obras do Binário da Santos Dumont, mas não está inclusa no contrato com a empresa responsável pela obra, sendo realizada pela própria Prefeitura de Criciúma. A rua Raymundo Procópio Nunes receberá novas placas de sinalização depois da liberação da Francisco Milioli.

 

Conversão e acessos proibidos

 

Mesmo com placas sinalizando a entrada proibida na Santos Dumont e conversões na avenida, motoristas continuam cometendo infrações de trânsito no local. Quem for flagrado no ato poderá receber multa de R$ 295 e perder cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

 

A expectativa é que os acidentes diminuam com as sinalizações horizontais e os semáforos. “Os veículos não vão acessar a Santos Dumont pela Raymundo Procópio. Isso já vai diminuir os acidentes naquela região. Ali vai acabar o conflito. Tem que passar com tranquilidade e com paciência. Além do semáforo, vamos fiscalizar a travessia nesse trajeto”, assegura Paulo Borges.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.