SC Transplantes recebe reconhecimento internacional

Os dados da SC Transplante demonstram que, de 2019 a 2021, foram alcançados os maiores números da série histórica, com 1.975 notificações e 939 doações de órgãos e tecidos


- PUBLICIDADE -

A SC Transplantes, estrutura da Secretaria de Estado da Saúde (SES), é homenageada em função do ótimo trabalho em doação e transplante de órgãos e tecidos pelo Ministério da Saúde da Espanha. Em carta, a diretora-geral da Organização Nacional de Transplantes (ONT), Beatriz Dominguez Gil, evidencia que a evolução do programa estadual torna Santa Catarina referência para o Brasil e toda a América Latina. Além disso, o estado superou os índices de doação de órgãos da Espanha, uma das mais importantes referências nesse assunto no mundo e voz ativa junto à Organização Mundial da Saúde (OMS).

“É um prazer enorme falar a todos os profissionais de transplantes de Santa Catarina pelo extraordinário nível em doação de órgãos alcançado no estado. Parabenizo todos pelo seu esforço, sua dedicação e seu compromisso. São uma inspiração para o Brasil, para o mundo e para si próprio, pois somos conscientes do valor de nosso trabalho e do que podemos fazer quando trabalhamos unidos”, reforça a diretora-geral.

- PUBLICIDADE -

Ela também agradece e cumprimenta o coordenador da Central Estadual de Transplantes, Joel de Andrade, em nome de toda a equipe, pelo esforço em fazer com que a SC Transplantes atingisse indicadores com crescente evolução e altíssimo grau de articulação e organização, atributos disseminados por toda uma bem constituída rede de coordenação e operacionalização de transplantes de órgãos e tecidos e células.

Os dados da SC Transplante demonstram que, de 2019 a 2021, foram alcançados os maiores números da série histórica, com 1.975 notificações e 939 doações de órgãos e tecidos. No ano de 2022 foi atingido o índice de 42,9 doadores efetivos por milhão de população, nos casos de morte encefálica, o que há 10 anos era pouco mais da metade. Em comparação com os dados do Brasil, Santa Catarina desponta com índices que são mais que o dobro da média nacional.

O secretário de Estado da Saúde, Aldo Baptista Neto, explica que foram surpreendidos com a homenagem e, ao mesmo tempo, gratos pelo reconhecimento. “No dia 27 de setembro recebemos uma série de documentos do governo espanhol reforçando que a SC Transplantes passa a ser uma referência mundial em dedicação e levando isso a um sucesso das ações envolvendo doação de órgãos, tecidos e células. Muito nos enobrece, afinal de contas é resultado fruto de um trabalho muito profissional executado há cerca de 23 anos em nosso estado. Um trabalho conjunto envolvendo profissionais gestores, da área técnica da saúde, mas principalmente o entendimento do cidadão catarinense para importância deste gesto. Em nome da Secretaria de Estado da Saúde, de todos os servidores, nossos parabéns e nosso muito obrigado principalmente ao cidadão catarinense”.

SC Transplantes

A implantação da Central Estadual de Transplantes de Santa Catarina foi inspirada no modelo espanhol. Inaugurada em 16 de dezembro de 1999, a SC Transplantes faz parte da estrutura da Superintendência de Serviços Especializados e Regulação da Secretaria de Estado da Saúde e funciona como agência executiva do Sistema Nacional de Transplantes. Sua função é coordenar as atividades de transplante em âmbito estadual, centralizando e coordenando todas as ações que envolvam captação e transplante no estado, e atuando no gerenciamento das listas únicas de receptores de órgãos e tecidos, nos processos de captação e distribuição de órgãos e tecidos, além de formular políticas de transplantes no estado.

Santa Catarina foi um dos estados pioneiros na regulamentação dos Transplantes, segundo as normativas do Sistema Nacional de Transplantes e Ministério da Saúde, por meio da implementação e aplicação das listas únicas de receptores de órgãos e tecidos respeitando critérios de compatibilidade, urgência e tempo de espera no momento da distribuição dos órgãos e tecidos doados para que estes sejam destinados aos receptores ideais.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.