SC-443: dificuldade de tráfego é encontrada por condutores

Até a próxima quarta-feira, 23, o trecho que liga Morro da Fumaça e Criciúma deve receber melhorias

Foto: Nilton Alves/TN

- PUBLICIDADE -

Letícia Ortolan/Tribuna de Notícias
Criciúma/Morro da fumaça

Nos últimos 30 dias, o tráfego na SC-443, Rodovia estadual que liga Criciúma a Morro da Fumaça, está cada vez mais difícil. Os buracos sem sinalização espalhados pelos 17 quilômetros não só preocupam os condutores, como tem danificado os pneus dos veículos. A previsão é que até a próxima quarta-feira, 23, o trajeto receba obras paliativas da Secretaria de Estado Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade do Estado de Santa Catarina (SIE).

- PUBLICIDADE -

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Natal Darós, de 57 anos, é morador das margens da SC-443 no trecho do bairro Vila Selinger e frequentemente é surpreendido por motoristas que pedem ajuda. “Com a chuva que deu nesse último mês, os buracos estão maiores ainda. Só em uma semana eu contei 10 carros que tiveram pneu furado por causa disso. Já levei até gente em casa para pegar estepe, tarde da noite”, relatou o criciumense.

Em menos de dois quilômetros da via, são contabilizados mais de 10 buracos fundos. Depois da chuva, muitos deles ficaram cobertos pela água. “Dificulta mais ainda porque quando são escuros, os motoristas não conseguem enxergar. Às vezes são pessoas que não conhecem a estrada. Esses dias ajudei um homem que estava indo pegar voo no aeroporto de Jaguaruna”, relembra Darós.

Segundo Gustavo Taufembach, coordenador Regional Sul da SIE, o Governo Estadual tem discutido uma solução definitiva. A intenção é investir em um planejamento para revitalização da rodovia até maio. “Nós entendemos que apenas remendos técnicos não são suficientes, por isso vamos solucionar o problema provisoriamente e depois fazer um encaminhamento correto”, pontuou.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.