Rússia confirma que Abramovich é mediador nas negociações com a Ucrânia

Oligarca está em Istambul, onde ocorrem negociações entre os países; Kremlin rebateu as informações de que o empresário e dois ucranianos sofreram sintomas de envenenamento

Foto: JUSTIN TALLS/AFP

- PUBLICIDADE -

O oligarca russo Roman Abramovich está desempenhando um papel de mediador nas negociações entre Rússia e Ucrânia que começaram nesta terça-feira (29) em Istambul, anunciou o Kremlin, ao rejeitar as afirmações de que o empresário foi envenenado.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

“Abramovich está desempenhando um papel no estabelecimento de contatos entre os lados russo e ucraniano”, disse o porta-voz da Presidência da Rússia, Dmitri Peskov. “Ele está presente em Istambul”, embora não seja um membro oficial da delegação russa, acrescentou.

Peskov também rebateu as afirmações do Wall Street Journal e de fontes do governo americano de que Abramovich e dois negociadores ucranianos sofreram sintomas que sugeriam um possível envenenamento após uma rodada anterior de negociações.

“Isto é parte da guerra de informação contra a Rússia”, disse, antes de insistir que “esta informação não corresponde à realidade”.

*Via R7

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.