Primeira cidade de SC a adquirir, em convênio com a PM, viatura híbrida

Trata-se de Morro da Fumaça; foram investidos R$ 220 mil na compra do veículo

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

A Polícia Militar de Morro da Fumaça ganhou um reforço nesta sexta-feira, dia 15. O Governo Municipal realizou a entrega das chaves da nova viatura híbrida para a corporação. A cidade é a primeira do Estado a adquirir um veículo híbrido para a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC).

“A nossa preocupação com a segurança pública é diária. Pensando no bem-estar da população fumacense, já doamos terrenos para as construções de novos quartéis do Corpo de Bombeiros e das Polícias Militar e Civil. Como forma de agradecimento pelo trabalho exemplar das nossas forças de segurança, o mínimo que podemos oferecer é uma estrutura adequada”, ressalta o prefeito Noi Coral.

- PUBLICIDADE -

Foram investidos cerca de R$ 220 mil na compra da viatura, um Toyota/Corolla Cross já caracterizado, por meio do convênio firmado entre o Governo Municipal e a instituição. “O veículo conta com tecnologia ecologicamente sustentável, ajudando a diminuir a emissão de gás carbônico na atmosfera e contribuindo para a preservação do meio ambiente”, pontua o vice-prefeito Eduardo Sartor Guollo.

Participaram do ato de entrega o comandante do 6º Comando Regional de Polícia Militar, coronel Cristian Dimitri, o comandante do 29º Batalhão de Polícia Militar de Içara, tenente-coronel Eduardo Moreno Persson, o comandante da 2ª Companhia de Urussanga, tenente Henrique Carrer Arent, o 1º sargento Emerson Francisco Miyamoto Teixeira e o 3º sargento Edinaldo Martins.

“Essa viatura será muito útil para Morro da Fumaça e no apoio para os municípios vizinhos, caso seja necessário. Também aumentará a autoestima do nosso policial militar, por ser uma viatura nova, confortável e a primeira do Estado na rádio-patrulha a ser híbrida. A sociedade ficará melhor servida, já que o cidadão é o nosso principal cliente. O nosso objetivo é dar mais segurança, ostensividade, proximidade e, através do policiamento preventivo, coibir as práticas criminosas”, ressalta o coronel Cristian Dimitri, comandante do 6º Comando Regional.

 

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.