Içara: Ordem de serviço à ampliação do São Donato será assinada quarta

Estado fará o repasse de R$ 13,63 milhões para obras que tiveram início na última semana e estão previstas para serem concluídas em 10 meses

Divulgação Hospital São Donato

- PUBLICIDADE -

Thiago Oliveira/Érik Borges
Içara

Nos últimos anos, Içara tem se destacado no Sul do Estado pelos índices econômicos e pelo próprio desenvolvimento da cidade. E o hospital irá ficar à altura desses avanços. Já começaram as obras de ampliação do São Donato, que devem colocar a instituição em um outro patamar.

- PUBLICIDADE -

Na última semana, a empresa responsável pelas obras já deu o pontapé inicial aos trabalhos, com a instalação de tapumes e limpeza de terreno. E o governador Carlos Moisés era esperado no município para fazer a assinatura da ordem de serviço. Mas ele cancelou a vinda e irá realizar a assinatura na capital, na quarta-feira, conforme informado à direção do Hospital São Donato.

Dos R$ 16 milhões da obra, R$ 13,63 milhões virão através de um convênio com o Governo do Estado, e o restante será a contrapartida do município. “Inclusive, por parte do Estado, a primeira parcela já está na conta”, conta o diretor-administrativo da São Donato, Júlio César De Luca. No total, serão oito parcelas mensais.

Mais do que apenas a ampliação do prédio, com novas salas, a obra irá dar uma nova dimensão ao hospital. “Vai passar para outro nível. Vai ter cinco novas salas de cirurgia, clínica especial só com cirurgias. Vai ter uma [sala] de imagem, com ressonância, tomografia, endoscopia, ultrassonografia, raio-x. Mais o equipamento de mamografia. E mais a clínica de hemodiálise. Vai ser um outro hospital. Uma obra gigante. A maior obra da história do hospital e uma das maiores de Içara”, disse De Luca. A clínica de hemodiálise também terá um aumento com os trabalhos.

Outro patamar

Para o diretor do hospital içarense, essa obra colocará o São Donato no patamar que a cidade alcançou. “O hospital ficou muito tempo parado. Agora ele tem que retomar e botar os dois pés no acelerador para alcançar o desenvolvimento do município, porque ele ficou muito para trás”, analisa De Luca.

“Essa ampliação é resultado de muito empenho dos conselheiros, diretores, de cada colaborador do hospital, além do engajamento do Governo do Estado. Agradecemos a todos que trabalharam em conjunto”, parabeniza o presidente do hospital, Valmor da Silva. “Será um salto para o futuro”, projeta também o presidente do Conselho Deliberativo da fundação filantrópica, Ronaldo Marcílio Caetano.

O próximo passo é buscar recursos para comprar equipamentos para equipar o novo prédio. Segundo o diretor, a previsão é que sejam necessários R$ 15 milhões para isso.

Confirma o que faz parte das obras de ampliação do hospital:

– Novas salas de cirurgias: 5

– Clínica cirúrgica com 20 leitos

– Centro de imagem com ultrasson, raio-x, tomografia, endoscopia, colonoscopia, ressonância magnética e mamografia

-Clínica de hemodiálise para pacientes internos e externos

Duas novas especialidades e aumento da capacidade de atendimento

De Luca acrescenta que essa ampliação irá aumentar a capacidade de atendimento atual em um nível considerável. “Aumento nas cirurgias, aumento nos exames, etc”, diz De Lucca. Ele revela que ressonância magnética e mamografia serão serviços novos colocados em prática no Hospital São Donato.

“Já estão tudo pronto os trâmites. Convênio firmado, publicado e assinado. Só ia ser feito nesta segunda-feira a ordem de serviço para começar a trabalhar. Mas ficou para quarta-feira em Florianópolis, ainda a ser confirmado pelo governador”, finaliza De Luca. As obras estão previstas para ficarem prontas em 10 meses.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.