ONG de Criciúma precisa de doação de ração

ONG Grupo Unidos Pelos Animais está fazendo multidão para arrecadação de ração; devido a pandemia, número de doações baixaram

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

O ONG Grupo Unidos Pelos Animais de Criciúma precisa de doação de alimentos para animais resgatados. A chegada da pandemia impactou negativamente a instituição, que sofreu uma queda brusca nas doações de ração.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Com a diminuição das restrições causadas pela pandemia e chegada do novo normal, as doações continuam baixas e a ONG passa por dificuldades para garantir os cuidados para os mais de 100 animais.

Detinha Farol, protetora impactada pelas doações do Grupo Unidos Pelos Animais, comenta que não consegue mais comprar ração fiado e precisa de doações urgentemente. As doações caíram cerca de 50% com o início da pandemia e ainda não melhoraram. “Antes não precisávamos comprar fiado. Agora quando recebo doações só duram um ou dois dias. Tenho que comprar fiado e ir pagando aos poucos”, afirma a protetora.

Detinha ainda afirma que possui animais com necessidades especiais que precisam de cuidados redobrados. “Tenho 113 animais, 13 paraplégicos, 4 cachorros cegos, 20 idosos e mais alguns mutilados. Minha dívida é grande em clínicas veterinárias”, acrescenta.

As doações para auxiliar o Grupo Unidos Pelos Animais podem ser feitas através do pix: (48) 999644565 no nome de Liziane Vitali, doações de rações e produtos de limpeza podem ser combinados através do Instagram @unidospelosanimaiscri e doações de roupas para venda no brechó da ONG podem ser combinados através do Instagram @vistaessacausa.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.