Morro da Fumaça: novo filtro economiza até 500 mil litros de água/dia

O novo investimento custou quase R$ 600 mil

Foto: Divulgação/SAMAE

- PUBLICIDADE -

Giovana Bordignon/Especial

Morro da Fumaça

- PUBLICIDADE -

A prefeitura de Morro da Fumaça instalou um novo purificador de água que deve economizar até 500 mil litros de água por dia no município. O novo investimento custou quase R$ 600 mil, “mas vai ter um custo benefício gigantesco”, salientou o prefeito de Morro da Fumaça, Noi Coral. A instalação ocorreu nesta sexta-feira, 25, na Comunidade de Rio Vargedo.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

O novo filtro está sendo instalado pelo Samae e, segundo o prefeito, a economia será de duas a três horas de água a mais entregues pelo município. “Esse equipamento foi comprado para evitar o desperdício, mas, além da economia, estaremos colaborando com a natureza”, destacou Noi.

Conforme o diretor do Samae, Rogério Sorato, os filtros tradicionais utilizam cerca de 15 mil litros de água durante sua lavagem, que é realizada várias vezes por dia, já o novo equipamento, traz uma das melhores tecnologias existentes hoje no país, em que a limpeza é realizada com um sistema de ar dissolvido em micro-bolhas e quase nada de água.

“Com esse sistema, quatro novos filtros serão instalados no lugar dos oito anteriores. Os filtros antigos eram lavados de uma em uma hora, esses serão lavados apenas uma vez por dia, utilizando bem menos água. Estima-se até 500 mil litros de água por dia de economia, é praticamente um bairro inteiro de Morro da Fumaça. E o sistema é todo automático, onde o operador, em vez de checar as válvulas manualmente, fará isso por computadores”, completou o diretor.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.