Miss EUA 2019 morre após cair de prédio em Nova York

Cheslie Kryst, de 30 anos, morreu no último domingo, 29

Foto: Reprodução

- PUBLICIDADE -

A ex-Miss Estados Unidos Cheslie Kryst, de 30 anos, que trabalhou como correspondente de entretenimento para o programa televisivo “Extra”, morreu após aparentemente pular de um prédio em Manhattan, disse a polícia de Nova York ao Washington Post.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Kryst morreu no domingo, 29 , disse o programa. “Com devastação e grande tristeza, compartilhamos a morte de nossa amada Cheslie”, disse a família de Kryst em comunicado. “Sua grande luz foi aquela que inspirou outras pessoas ao redor do mundo com sua beleza e força.”

Kryst obteve um MBA e um diploma em direito pela Wake Forest University, na Carolina do Norte. Antes de Kryst entrar no concurso de Miss EUA, ela trabalhou como advogada, fornecendo trabalho legal pro bono para presos que receberam sentenças de prisão injustas, segundo o Washington Post.

Ela fazia parte do grupo de cinco mulheres negras que venceram os cinco principais concursos de beleza do mundo naquele ano, pela primeira vez, noticiou o Post.

Após sua vitória, Kryst começou a trabalhar como correspondente do programa de entretenimento “Extra”.

“Nossos corações estão partidos. Cheslie não era apenas uma parte vital do nosso show, ela era uma parte amada de nossa família ‘Extra’ e tocou toda a equipe”, disseram os produtores do show em comunicado.

*Reportagem de Brendan O’Brien

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.