Maracajá: Recebe 11ª edição do projeto Viagem Teatral

Cerca de 600 alunos do pré-escolar ao 5º Ano das escolas 12 de Maio, Eulália Oliveira de Bem e Maria Libânia Machado, assistiram a peça, que foi apresentada no período da manhã e tarde, no Centro Esportivo Municipal Antônio da Rocha

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

O município de Maracajá recebeu na segunda-feira, 23, a 11ª edição do projeto Viagem Teatral, que é realizada pelo Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, com patrocínio da SCGás. Na região da AMESC, apenas Maracajá e Araranguá foram contemplados com a vinda da peça teatral.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Cerca de 600 alunos do pré-escolar ao 5º Ano das escolas 12 de Maio, Eulália Oliveira de Bem e Maria Libânia Machado, assistiram a peça, que foi apresentada no período da manhã e tarde, no Centro Esportivo Municipal Antônio da Rocha.

O prefeito Anibal Brambila, acompanhado da secretária de Administração e Finanças, Rejane Pereira, do diretor de Educação e Cultura, Daniel de Souza, estiveram prestigiando a apresentação. “O Departamento de Educação está de parabéns, por sempre buscar o que é bom para nossos estudantes, principalmente o que está ligado à cultura, história e lazer”, disse o prefeito Brambila.

A peça
O projeto Viagem Teatral traz o espetáculo “Malagueta Quer Ser Grande”. Encenada pela atriz Paula Bittencourt, a peça conta a história da Palhaça Malagueta, uma boneca que cria vida para ser grande como as crianças. O público acompanha a divertida aventura de Malagueta por diferentes lugares em busca de seu sonho, com um desfecho que traz lições para crianças e adultos.

“O espetáculo é um convite para uma viagem de descobertas sobre ser gente grande e a importância de aceitar o seu tamanho, respeitando todas as fases da vida humana”, destaca Paula.

O projeto é realizado pela Harmônica Arte e Entretenimento, e tem o objetivo de promover arte e entretenimento para comunidades com pouco acesso à produção teatral. A escolha das peças busca, ainda, instigar o público infantil a refletir sobre questões do mundo atual, mas sem deixar a diversão de lado.

Realizado desde 2011, o projeto foi obrigado a fazer uma pausa nos últimos anos por conta da pandemia, o que torna a 11ª edição ainda mais especial. “Estamos muito felizes com a retomada do Viagem Teatral, que agora pode ser realizado com todo o cuidado necessário e com as crianças de volta às escolas. Nunca ficamos tanto tempo sem circular com o projeto e é com grande satisfação que voltamos a levar arte e cultura para o público”, comemora Heitor Lins, idealizador do Viagem Teatral.

As apresentações são gratuitas. A 11ª edição do projeto Viagem Teatral é uma realização da Harmônica Arte e Entretenimento, Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, com patrocínio da SCGás, Da Magrinha, Eurotec Nutrition e Koch Atacadista, e apoio da Federação Catarinense de Teatro e Roda Riso.

Foram 35 minutos de pura diversão, onde as crianças interagiram com a artista, deram boas risadas e retornaram para suas escolas mais alegres, por terem se divertido e aprendido um pouco mais sobre cultura.

Teatro para todos
Um dos diferenciais do projeto Viagem Teatral é a inclusão, onde um intérprete de libras acompanha toda peça. “Achamos muito interessante a presença do intérprete, pois atualmente ainda pouco se discute sobre o acesso da população surda à cultura. O teatro em libras possibilita um outro jeito de ver o mundo, de explorar outros sentidos”, finalizou o diretor de Educação, Daniel de Souza, o Chicão.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.