Licenças começam a serem liberadas para pescadores

Trabalhadores da região ficaram sem permissão para realizar as atividades depois de nova portaria do Ministério da Agricultura e Pesca


- PUBLICIDADE -

Começam a ser liberadas as licenças para que os pescadores da região sul catarinense retomem as atividades. Eles estavam sem a permissão para acessar o mar depois de nova portaria do Ministério da Agricultura e Pesca – de 9 de março – que regulamenta a pesca com rede de arrasto com barcos a motor e remo no litoral de Santa Catarina.

Desde 2012, os pescadores exerciam a função com um mandado de segurança, mas com a portaria essa possibilidade acabou sendo cancelada. O maior problema dessa demora da liberação das licenças é que a safra da tainha já teve início no começo do mês de maio e muitos pescadores não puderam ainda ir para o mar.

- PUBLICIDADE -

De acordo com o pescador Rogério Cardoso, da Colônia Z-33 (que atende dois mil trabalhadores), na tarde de ontem começaram a chegar as tão esperadas licenças dos órgãos ambientais. “Já foram emitidas 15 licenças até agora. Esperamos que até a próxima semana as outras estejam nas mãos dos pescadores para começarem os trabalhos. Os profissionais são um povo sofrido e não podem ficar sem esse trabalho”, conclui Cardoso.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar
Por: Maíra Rabassa
Em: Balneário Rincão

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.