Içara: Serviço de castração móvel retorna senta sexta-feira

O veículo vai estar estacionado novamente em frente ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS)

Foto: divulgação/ Prefeitura de Içara

- PUBLICIDADE -

O BusCão, serviço de castração móvel do Governo de Içara, vai retornar ao bairro Esplanada nesta sexta-feira, 8, das 7h30min às 12h. Até o momento a Fundai já agendou 26 castrações para amanhã, quem reside na localidade e ainda não inscreveu seu cão ou gato pode ligar para o número 48 3431-3578. O veículo vai estar estacionado novamente em frente ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS). Os tutores precisam estar à disposição para levarem os animais até o BusCão. Na próxima semana a comunidade de Esperança também recebe a ação.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

“Na última semana conseguimos castrar em uma manhã 33 animais, nossa expectativa é fazer o mesmo nesta sexta-feira”, lembrou o superintendente da Fundação Municipal do Meio Ambiente de Içara (Fundai) Ibanez Aníbal Zanette.

As condições para fazer parte da castração social são: animais de população de baixa renda, animais sem raça definida e animais de agricultores.  Os animais de rua também podem ser castrados desde que algum responsável possa cuidar dele no pós-operatório nos próximos sete dias. Além dessas condições o morador precisa residir em Içara. No dia da castração o animal precisa estar em jejum de 8h de água e de comida. Deve também estar em bom estado de saúde.

“Esta será a segunda ação do BusCão, estamos muito felizes com o resultado do projeto. Cada castração representa mais saúde pública e menos animais nas ruas”, disse a prefeita Dalvania Cardoso.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.