Hospital São Donato (HSD) de Içara pode ter leitos neonatais

A estrutura conta com 20 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), todas destinadas ao atendimento adulto

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Letícia Ortolan
Içara

O Hospital São Donato (HSD) de Içara conta com 20 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) adultas. Na última segunda-feira (23), a Câmara de Vereadores aprovou um requerimento solicitando a realização de estudo para implantar cinco novos leitos, específicos para internação neonatal. O autor do pedido foi o vereador Rodrigo da Silva Gonçalves (PP).

- PUBLICIDADE -

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Conforme Gonçalves, as crianças correm risco na região, pela falta de UTI. O presidente do Legislativo, Itamar da Silva (PP), já tenta contato com a Secretária Estadual de Saúde, para a conversa de viabilização destes leitos neonatais.

Segundo o diretor-administrativo do HSD, Júlio De Luca, a implantação de cinco novos leitos no local é inviabilizada. “Para levantar essa quantidade, é difícil. As despesas com médicos, terapeutas e enfermeiros, por exemplo, serão as mesmas a serem pagas para dez leitos”, salientou.

Para De Luca, a possibilidade que poderia ser levantada é destinar às crianças metade dos leitos que já são disponibilizados para os pacientes. “Na pandemia, tínhamos 10 leitos usados apenas para o vírus da Covid-19. Em março, voltaram a ser utilizados para atendimento geral, junto com os outros 10, ou seja, agora temos 20 disponíveis.

O diretor ainda frisa que o investimento mensal para custear esses 10 leitos de UTI neonatal, passaria de R$ 1 milhão ao mês. “Não é tão simples assim. Teriam os custos com outros tipos de profissionais especializados, como os pediatras. As despesas são mais elevadas. Também precisariam ser comprados todos os esquipamentos. O problema não é montar, é o custeio”, frisou De Luca, acrescentando estar aberto a conversas a respeito.

Salvaro ressalta necessidade de mais leitos de UTIs neonatais

Na última terça-feira, 24, o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, esteve no Governo do Estado de Santa Catarina. Em reunião junto ao governador Carlos Moisés e outros prefeitos, o gestor municipal questionou a quantidade de leitos de UTIs Neonatal na região Carbonífera, solicitando a ampliação dos mesmos.

O Estado

Com as UTIs pediátricas 100% lotadas em Santa Catarina, a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa aprovou a realização de audiência pública para tratar da falta de leitos pediátricos na rede pública de saúde do Estado. A proposta foi apresentada pelo deputado Vicente Caropreso (PSDB), que pediu urgência na definição de data para a realização do debate.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.