Famílias fazem cerimônia para ‘casar’ bebês mortos há 30 anos

No "casamento dos mortos", o noivo e a noiva foram representados por duas cadeiras cobertas por um lençol branco

Foto: Reprodução/InternetF

- PUBLICIDADE -

A cerimônia de casamento de Chadappa e Shobha, na Índia, tinha tudo para ser normal, a não ser por um detalhe: o noivo e a noiva já estão mortos há cerca de 30 anos.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Os dois morreram ainda bebês e o casamento foi realizado por integrantes das duas famílias como forma de afastar a má sorte gerada aos enlutados quando filhas e filhos falecidos não se casam no além.

No chamado Pretha Kalyanam, “casamento dos mortos”, o noivo e a noiva foram representados por duas cadeiras cobertas por um lençol branco, seguindo um ritual de sete etapas.

Embora a prática seja diferente em cada região, casamentos para os mortos também acontecem em outros países, como China e Japão.

*Via ND+

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.