Estadual: 42 municípios ainda estão em situação de emergência

Passam para 129 os municípios que registraram ocorrências

Foto: divulgação/Defesa Civil

- PUBLICIDADE -

De acordo com o relatório informativo nº n014.2022 elaborado pelo Grupo de Ações Coordenadas da Defesa Civil (GRAC-DCSC), divulgado na tarde desta terça-feira, 10, o número de municípios em situação de emergência em decorrência das chuvas da última semana chegou a 42.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Passam para 129 os municípios que registraram ocorrências. Não houve nenhum novo registro de óbito, foram registrados três, sendo dois no município de São Joaquim e um no município de Urubici todos relacionados à pessoas que tentaram passar com veículos por áreas inundadas e foram arrastados pela correnteza. Segundo informações repassadas pelas Coordenadoria Municipais de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC), durante o evento foram contabilizados 9.852 pessoas desalojadas, 869 desabrigados em um total de 52.593 pessoas afetadas.

Decretos municipais de situação de emergência

  • Agrolândia
  • Agronômica
  • Alfredo Wagner
  • Anitápolis
  • Araranguá
  • Armazém
  • Arroio Trinta
  • Bom Jardim da Serra
  • Braço do Norte
  • Brunópolis
  • Capivari de Baixo
  • Forquilhinha
  • Grão Pará
  • Gravatal
  • Ibirama
  • Iomerê
  • Lages
  • Laurentino,
  • Lauro Muller
  • Lebon Régis
  • Maracajá
  • Monte Carlo
  • Orleans
  • Pedras Grandes
  • Pescaria Brava
  • Pinheiro Preto
  • Pouso Redondo
  • Rio das Antas
  • Rio do Oeste
  • Rio do Sul
  • Rio Fortuna
  • Rio Rufino
  • Santa Rosa de Lima
  • São Bonifácio
  • São Joaquim
  • São Ludgero
  • São Marnho
  • Taió
  • Tangará
  • Tubarão
  • Urubici
  • Videira

*Via Defesa Civil de Santa Catarina

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.