Defesa Civil vai retirar árvores danosas da Praça Nereu Ramos

Uma delas é considerada tóxica a pássaros e abelhas

Fotos: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Gustavo Milioli

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A Defesa Civil de Criciúma deve retirar cerca de 10 árvores da Praça Nereu consideradas danosas a pedestres e pássaros nesta semana. Após estudos, o órgão já demarcou em amarelo os troncos que serão cortados e encaminhados para o descarte.

Na última sexta-feira as equipes estiveram no local para a remoção de um galho Guapuruvu que caiu e estava pendurado sobre outros galhos. “Parecia que estava apenas esperando alguém passar por baixo, era um risco muito grande. Nesse meio-tempo, avaliamos outras árvores e marcamos algumas que precisarão ser cortadas ou feita a poda”, explica Fred Gomes, diretor da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec).

As árvores estão localizadas ali há décadas. Algumas já possuem mais de 50 anos e correm sérios riscos de desabamento. As vistorias continuam.

“São árvores que não eram para estarem ali, como a Estapódea, bem no meio da praça, que é extremamente venenosa para abelhas e beija-flores. Temos cinco Guapuruvus que serão cortados, pois quebram de maneira bastante fácil. As nossas últimas ocorrências ali, quando acontece um vento um pouco mais forte, são por conta desses Guapuruvus. Existem duas árvores exóticas, Ligustros, que estão podres e tomados por cupins. Também tem um pinheiro de Puck, que apresenta um risco eminente, porque está com a base totalmente podre”, detalha Gomes.

Próximos passos          

Ao longo desta semana, o pinheiro deve ser o primeiro a ser derrubado pelas equipes da Defesa Civil. “É o que mais está me preocupando. Está todo comprometido, com água dentro da base. Pode vir a baixo a qualquer momento”, destaca. A Estapódea também está no radar. “É complicado uma árvore desta estar em uma praça pública, podendo matar abelhas e beija-flores. Não sabemos como foram parar ali, pois é lamentável”, afirma o diretor.

Durante as atividades, a Praça Nereu Ramos ficará com alguns pontos bloqueados. As ações fazem parte do projeto Replantar Seguro.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.