Criciúma terá duas motolâncias para atendimento no Samu

As ambulâncias do Samu continuarão sendo usadas para os casos necessários, como por exemplo, ao transporte de pacientes

Foto: Arquivo / TN

- PUBLICIDADE -

Criciúma está prestes a ter duas Unidades de Motocicletas (motolância) para atuar na saúde. Os veículos serão adquiridos pela prefeitura e aturarão no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu), ainda neste ano. O Governo Municipal já publicou o edital de Chamamento Público nº 10, para selecionar uma empresa que ficará responsável por gerenciar, operacionalizar e executar as ações dos serviços.

Segundo Deivid Freitas, coordenador geral da Secretaria de Saúde Municipal, as motolâncias serão utilizadas pelos técnicos de enfermagem para realizar os atendimentos oferecidos aos pacientes. “O maior objetivo é melhorar e agilizar os serviços do Samu. Hoje em dia já temos no município os serviços básicos, isso vem para alavancar”, salientou.

- PUBLICIDADE -

As ambulâncias do Samu continuarão sendo usadas para os casos necessários, como por exemplo, no transporte de pacientes. “Às vezes os profissionais precisam fazer atendimentos de infecções leves. As motos servirão para uma condução mais rápida para chegar ao local”, ressaltou Freitas.

Em Santa Catarina, Balneário Camboriú já é uma das cidades que aderiu os serviços de motolância. O edital de chamamento ficará aberto durante 45 dias, à previsão é que dentro de três meses todos os serviços para a implantação dos veículos no Samu de Criciúma sejam concluídos.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.