Cocal do Sul inicia vacinação contra a poliomielite

Imunizações iniciaram na instituição ‘Os Amigos’; profissionais de saúde checaram a caderneta de vacinações das crianças

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, deu início a uma ação de vacinação contra a poliomielite nas instituições de educação infantil. A ação garante a imunização em massa e facilita para que os pais não precisem levar seus filhos até as unidades de saúde.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

A imunização iniciou na Instituição de Educação Infantil Maximiliano Gaidzinski ‘Os Amigos’. As unidades de saúde, em conjunto com as escolas, definem as datas para a visita dos profissionais. Nesta instituição, foram vacinadas crianças de 4 de idade.

Além de vacinar as crianças, a equipe também está verificando as cadernetas de vacinação para checar se há alguma criança com vacinas em atraso. Antes de a equipe ir até a instituição, os pais são comunicados com antecedência.

Segundo a diretora da instituição Os Amigos, Mônica Belloli, as crianças estavam tranquilas para receber a dose em gotas. “Como é em gotinhas, elas vêm tomar a vacina sem medo, por isso está tudo bem calmo aqui na escola; quando falamos que é uma gotinha eles ficam tranquilos e vem tomar”, afirma.

“Os pais devem procurar as unidades de saúde no decorrer da semana, levando a caderneta de vacinação das crianças. Mas se caso não puderem comparecer, poderão ir durantes os sábados no ESF do centro ou na unidade de saúde do seu bairro no dia D de vacinação que ocorre no dia 20 de agosto em todas as unidades de saúde”, pontua a secretária adjunta de saúde, Glicia Pagnan.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.